Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Universitário larga tudo para viver um grande amor com uma transex

Universitário larga tudo para viver um grande amor com uma transex 05/11/2013
10462438_768809199808810_7607185605738625438_n
O estudante de educação física carioca Gustavo Benevides, de 20 anos, não se deixa influenciar pela opinião preconceituosa da sociedade. Apaixonado por Bruna Marx, de 33 anos, uma mulher que nasceu homem "transexual", assumiu o namoro para os pais e, por isso, teve de sair de casa. Mas garante que está feliz ao lado dela.
“Fui de mala e cuia para a casa dela porque não tinha para onde ir. Eu queria realmente assumi-la como minha mulher pois á amava muito. Meus amigos também se afastaram de mim. Eu, que sempre fui reservado, passei a ser uma das pessoas mais olhadas na rua por ter me casado com a Bruna. Mas disso eu não abro mão. Andamos de mãos dadas nas ruas, no shopping. As pessoas têm que nos respeitar, porque amar não é crime. Bruna é tudo na minha vida, é uma mulher dedicada, amorosa, carinhosa e faz de tudo pra me fazer feliz, em qualquer coisa que faço hoje, levo em consideração a minha mulher, pois sou muito realizado em tê-la como minha esposa e não a troco por mulher alguma. Deixei de fazer um intercâmbio em Portugal para ficar com ela”.
Gustavo apoiou transição de gênero de Bruna…
Bruna começou a tomar, há 1 ano, hormônios para adotar características femininas. A decisão, tomada com a ajuda de Gustavo, foi difícil, pois resultou em uma aposentadoria compulsória de seu emprego como servidor público. “Como não pretendo entrar na fila para mudança de sexo, eu tenho transtorno de identidade de gênero, e, por este motivo, vou precisar me afastar do trabalho”, explica Bruna, que no trabalho ainda precisa manter sua identidade masculina.
“Quando eu puder ser quem sou de verdade em horário integral, vou renascer para a vida. É só isso que falta para eu ser uma mulher completa”, desabafou Bruna.
Sobre Gustavo, Bruna diz que não acreditava que, um dia, fosse ter um relacionamento sério, e que ele é um grande companheiro. “Ele é a minha estabilidade emocional, o homem que eu sempre quis ter ao meu lado, faço o possível e impossível por ele, pois é o amor da minha vida. Quando sou atacada, mesmo que indiretamente, ele está sempre do meu lado para me amparar, me defender”. Hoje vivemos felizes, uma estabilidade de marido e mulher e isso é o que importa.
A cada dia que passa, surgem mais casais "hétero" com "trans" - as trans estão preenchendo o vazio que muito homem sentem de uma mulher em suas vidas, todo homem precisa de amor, carinho, compreensão, fidelidade, companheirismo e dedicação de uma mulher em sua vida... e isso eles encontram ao lado de uma mulher "trans", tudo o que precisam para viverem felizes e realizados sem olhar as diferenças eles se entregam a um amor que ninguém tem direito de julgar, um amor que só o casal e o tempo podem firmar ou separar tais laços de união.

 


Ame as travestis fuja das mulheres - Copia

Por que virar uma travesti 2

Seja uma travesti masculinista

Travestis gostam de homem e mulher gosta de dinheiro

Travestis treinaram para serem as mulheres perfeitas

Vire travesti e seja a mulher ideal para os homens

Você é travesti porque nasceu para dar prazer para os homens site TRAVESTI

Você está se sentindo atraido por um homem FEM

Seu processo rumo a homossexualidade já começou


Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...