Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

domingo, 9 de novembro de 2014

O Estatuto da Familia vai beneficiar os Gays e as travestis




Os movimentos LGBT agem exatamente como o Movimento Feminista e Nazista agia e age. Estudem a história. Os nazistas bajulavam os alemães, diziam que os alemães eram superiores e melhores de o que todos os outros. Mas o que é que o nazismo fez, na prática, com os alemães? Levou-os à morte, à Guerra e à quase aniquilação. A mesma coisa acontece hoje em dia com o movimento LGBT e com os gays. Esses Movimentos LGBT dizem defender os interesses dos gays, mas na verdade, eles defendem um projeto de poder próprio, que só está prejudicando cada vez mais os próprios gays, exatamente como o nazismo prejudicou os alemães. E eu posso provar de forma irrefutável isso que estou dizendo.
Há alguns dias atrás o Senado abriu uma enquete para perguntar se o Estatudo da Familia deveria ser aprovado ou não, aquele Estatuto que diz que familia é a união entre um homem e uma mulher. Os movimentos LGBT e suas aliadas interesseiras, as feministas, mobilizaram suas hostes malignas para tentar reverter a votação, mas não teve jeito: a sociedade brasileira realmente quer que o Estatuto da Familia seja aprovado.
Eu também quero que o Estatuto da Familia seja aprovado, e sabem por que? Porque eu adoro travestis, justamente porque eu nunca precisarei me casar com elas. O Estatuto da Familia vai beneficiar principalmente os Gays, as lésbicas e as travestis, pois esse estatuto será uma garantia de que os gays e as travestis nunca precisarão ser extorquidos pelos advogados sanguessugas da OAB e nem pelo Judiciário, nas pensões de divórcio, pensão alimenticia e processos de Separação Judicial. Eu sou formado em Direito, apesar de ter escolhido outra profissão, pois eu não quis me rebaixar aos métodos escusos que eles ensinam e que consiste em incentivar a criação de problemas na sociedade, para que depois as pessoas procurem advogados para resolvê-los. É verdade pessoal. É isso que eles ensinam na faculdade de Direito. Eles dizem que a lei do divórcio, já jogou no bolso dos advogados da OAB vários trilhões de reais desde que foi aprovada nos anos 70. E agora, aqueles sanguessugas estão querendo tirar o dinheiro dos gays e das travestis, através do casamento gay. Pessoal, isso é tão óbvio, como é que vocês não percebem? Vejam bem quem é que está por detrás dessas leis de casamento gay: as comissões de diversidade sexual da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Vocês acham que a OAB estaria defendendo uma lei só por caridade com relação aos gays? Não sejam ingênuos. A OAB só defende os interesses dos advogados e o interesse dos advogados é extorquir o dinheiro dos gays e das travestis através do DIVÓRCIO GAY, da PENSÃO ALIMENTICIA GAY e dos HONORÁRIOS DE ADVOGADO DOS PROCESSOS DE SEPARAÇÃO JUDICIAL GAY. É só disso que se trata: de extorquir os recursos financeiros dos gays e das travestis. O casamento é uma instituição FALIDA. Vejam ao redor: todos os homens que se casaram com mulheres estão amargamente arrependidos, porque agora eles tem que gastar tudo o que conquistaram para pagar advogados e para pagar pensão alimenticia. E a OAB quer que essa mesma desgraça se abata sobre os gays e as travestis. E os gays estão caindo direitinho na armadilha da OAB, porque é um grande fetiche sexual essa idéia de casamento, não é? Mas olha, se você quer só satisfazer um fetiche, contrate uma empresa ou uma Igreja Gay para encenar o casamento, mas, pelo amor de Deus, não assinem contratos de casamento, porque senão, vocês vão cair nas garras daqueles sanguessugas da OAB para o resto da vida de vocês. Vejam só quem é que está por detrás dessa idéia do casamento gay: a OAB:



Mas, se o Estatuto da Familia for aprovado, os gays e as travestis poderão ter a segurança juridica de que nunca serão acionados na justiça para pagar pensão alimenticia e nem nunca precisarão gastar dinheiro com honorários de advogados em processos de divórcio e custas judiciais.
Mas além disso há outro beneficio do Estatuto da Familia para os gays e para as travestis. A proteção da familia tradicional é fundamental para que o modo de vida dos gays, lésbicas e travestis continue a existir, porque a familia tradicional é a única capaz de procriar e de gerar descendentes. E é por essa razão que a familia tradicional deve ser protegida. Se se igualassem os direitos dos gays ao das familias tradicionais, isso iria enfraquecer a familia e, com isso, a natalidade diminuiria. Mas, se a natalidade diminuir mais ainda do que já está (já está negativa), então em algum momento, o governo vai ter que exigir dos gays que engravidem alguma mulher, nem que seja só por patriotismo, para garantir a sobrevivência da espécie. Portanto, a situação atual é a melhor possivel para os gays e para as travestis, porque atualmente, a familia tradicional cumpre o importante papel de ter filhos e de educar e manter as futuras gerações. Aliás, você meu amigo gay ou travesti, com toda a certeza nasceu em uma familia tradicional. Portanto, é do mais alto interesse dos gays e das travestis que defendam com unhas e dentes a familia do jeito que a Religião diz que ela deve ser, porque somente ela poderá permitir que o número de gays e travestis continue a aumentar.



 

E pra quem acha que eu sou contra o homossexualismo, na verdade, eu estou é incentivando e promovendo o aumento do número de gays e principalmente travestis, porque eu quero que as travestis substituam as mulheres. Eu sou 100% a favor dos gays e das travestis. Mas eu sou 100% contra os Movimentos LGBT e sou contra o casamento gay, porque eu sei que o casamento é uma instituição falida que só vai prejudicar os gays, assim como está prejudicando os homens heteros.
Tem feminista por aí dizendo que eu sou "homofóbico". Vejam logo abaixo os memes que o homofóbico aqui criou para incentivar o homossexualismo e o aumento das travestis:



Prezados, divulguem essa enquete do Senado sobre a definição do conceito de familia. Eles estão querendo, mais uma vez destruir a familia e legalizar o casamento gay. Nós temos que votar SIM nessa enquete, que pergunta: Você concorda com a definição de família como núcleo formado a partir da união entre homem e mulher, prevista no projeto que cria o Estatuto da Família? Vote SIM: http://www2.camara.leg.br/agencia-app/votarEnquete/enquete/101CE64E-8EC3-436C-BB4A-457EBC94DF4E

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...