Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Feminista faz homem lamber o seu pé sujo













Se você tem o pinto pequeno, você tem duas escolhas: Uma, você se rebaixa e se humilha para essas mulheres feministas vagabundas e literalmente, você vai ter que lamber a sola dos sapatos delas (e coisa até pior do que isso!). A outra, você preserva a sua dignidade e humanidade: vire uma travesti e dê a volta por cima:






6 comentários :

  1. Amigo! você pode ter também uma terceira opção! Faça como nós católicos. Faça voto de castidade e tenha a Virgem Maria como sua Senhora e Soberana e venha viver uma vida de clausúra e devoção. Essa opção é muito melhor do que as outras e pode definir o seu destino eterno e evitar que você enfrente a segunda morte.

    ResponderExcluir
  2. Quero comentar, aqui, sobre o vídeo "Feminista faz homem lamber o seu pé sujo". Em primeiro lugar sou podólatra, então gosto de pés femininos bonitos. Em segundo lugar, podolatria não tem relação nenhuma com submissão ou humilhação. Tem relação com prazer mútuo, com troca, com carinho, com respeito pela outra pessoa. Não gosto de pés femininos sujos, mas tem gente que gosta e, nesse caso, lamber os pés sujos da mulher deve ser visto como uma prática saudável, ou seja, onde ambos estão de acordo, onde ambos procuram prazer. Para que seja legal, a podolatria deve ser encarada como uma prática sexual saudável, alternativa até, mas nunca como princípio de submissão ou subjulgo, como é o que parece estar sendo veiculado neste vídeo. Quero dizer também que as telenovelas brasileiras exibem, raramente, cenas que veiculam imagens sobre o ato de beijar ou massagear pés de atrizes ou, mais raramente ainda, de atores e que essas cenas transmitem, comumente, ideia de submissão ou subjulgo; e isso não tem nada a ver com podolatria. Pessoas que tem essa visão não entendem nada dessa deliciosa prática. Podolatria é prazer, curtição, desejo pelos pés. E nada dessa história de nojo, de repulsa. Um chulezinho, aliás, vai muito bem obrigado. Há mulheres que têm pés bonitos que não tem a mínima noção do poder se sedução que eles podem provocar. Há outras que, felizmente, têm essa noção. Bem, falo de pés femininos porque sou homem e gosto EXCLUSIVAMENTE de pés femininos bonitos. E não há nada de preconceituoso nisso; apenas é o meu gosto. Para mim, o título "Feminista faz homem lamber o seu pé sujo" parece refletir preconceito e submissão, justamente bandeiras contra as quais as feministas lutaram tanto para verem desfeitas, e também mostra que, nesse sentido, se vai na contramão da podolatria. Eu adoro pés femininos bonitos. Eles são sensuais, atraentes, provocantes, e despertam meus desejos e vontades. Adoro massagear, acariciar, beijar e cheirar pés femininos bonitos, mas não vejo isso como submissão, onde um exerce poder e domínio sobre o outro - a menos que isso seja praticado em tom de brincadeira, com o consentimento de todos os envolvidos. Do contrário não é legal. Podolatria é prazer, é entrega; é, sim, estar em pé de igualdade com a outra pessoa, é sentir-se igual, e não diminuído ou excluído. É engraçado: as ditas feministas que se valgloriam até hoje por levantar a bandeira da igualdade entre os sexos têm, no título aqui já mencionado, bem o contrário daquilo que idealizam como ideal de luta e de vida. Bem, é isso. Espero que esse meu texto sirva para reflexão e que tal objetivo seja atingido. Abraço a todos e até!

    ResponderExcluir
  3. Ao vídeo "Feminista faz homem lamber o seu pé sujo". Podolatria é curtição, entrega, prazer, desejo e sedução por pés femininos bonitos, pelo menos é assim que eu entendo esta deliciosa prática sexual. Podolatria não tem nada a ver com submissão ou humilhação, como o vídeo aqui referido parece sugerir. A identificação da podolatria com o sexo está envolta em troca, carinho e respeito pela outra pessoa; não tem ligação com qualquer relação de poder, de quem manda em quem e por aí vai. É simples assim. Eu adoro pés femininos bonitos, pois são sensuais, atraentes, deliciosos. Adoro olhar, massagear, acariciar, beijar e cheirar pés femininos bonitos. E nada dessa história de nojo ou repulsa. Aliás, um chulezinho natural vai muito bem obrigado. Gostar de pés femininos bonitos não significa que eu esteja submisso à mulher; embora se eu assim quiser, que assim seja, quero dizer, a submissão até pode rolar, mas como uma brincadeira lúdica e saudável, onde haja consentimento de todos os envolvidos. No meu caso, poucas coisas na vida dão mais prazer do que saber que a mulher curte e explora os seus pés como arma de sedução. E que ela esteja à vontade para, neste caso, fazer o que quiser comigo, desde que proporcione a ambos prazer e curtição. Na minha opinião, as ditas feministas não precisam utilizar-se de artifícios para se autoafirmarem. Por outro lado, também não precisam fazer uso dos pés para humilhar ou submeter outra pessoa. Isso chega a ser ridículo. Adoro que uma mulher, por exemplo, esfregue os seus lindos pés na minha cara, mas isso não tem nada a ver com exercício de mando ou poder de um sobre o outro. Fico muito mais feliz quando sei que a mulher gosta de ter seus pés admirados e desejados e que a partir daí ela possa dar e receber prazer, sem amarras, sem piração, sem preconceito. Podolatria é, como já referi, curtição, prazer, entrega, carinho, mas é também desejo, tentação, gozo; é entregar-se totalmente à outra pessoa, sem medo, sem receio, sem cobrança, sem subjugo. Bem, é isso. Gostaria que esse meu comentário servisse como recurso para reflexão a respeito da podolatria, e, assim, ficaria muito feliz se o mesmo pudesse ser publicado, ok? Abraço a todos e obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Quero agradecer pela publicação dos meus dois comentários, veiculados logo acima. Grato msm. Gente, podolatria e pés femininos bonitos é tudo de bom; para quem gosta, é claro. Para aqueles que não gostam, não sabem o que estão perdendo... Sentir o cheiro dos pés femininos, o calor, o suor e a maciez das solas, admirar as curvas e o desenho de pés femininos bem formados e proporcionais. Nossa, é uma DELÍCIAAAAAAAAAAA!!! Eu sou completamente apaixonado por pés femininos bonitos. É meu vício, meu desejo, minha perdição. Simplesmente, os AMOOOO!!! É isso. Abraço a todos e até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado, eu respeito as opiniões contraditórias e sou contra a censura. Publico com prazer as suas opiniões e sou eu quem agradeço você por ser tão educado e por tentar nos esclarecer melhor os seus fetiches e desejos. Eu compreendo você sim, até porque eu tenho também um fetiche por travestis. Mas veja bem amigo, que esse tipo de propaganda é usada pelas feministas para induzir nos homens um estado de submissão às mulheres. É um truque sujo que faz com que os homens sintam o desejo sexual de serem pisados pelas mulheres. E eu tenho que enfatizar a indignidade e a falta de igualdade de tais atos, para despertar nos meus leitores a indignação que os levará a combaterem o feminismo. Mas seja como for, agradeço a sua opinião e eu acho que qualquer mulher que conquiste o seu coração, será uma mulher de sorte, porque homens educados e corteses como você estão cada vez mais raros. Um abraço.

      Excluir
  5. Olá, Cristoffer. Legal seu comentário. É, vc tem razão, no fundo tenho um fetiche por travestis, porque eles (ou elas) não têm frescuras, topam tudo, sem preconceitos ou problemas em fazer de um jeito ou de outro. Para mim está muito claro: as ditas feministas são, no fundo, frustradas, não entedem nada de homens; e o pior é que elas acham que entendem. Ser pisado (literalmente) pela mulher deve ser, como já referi, uma brincadeira lúdica e saudável. Mulheres que usam os pés ou o sexo para humilhar os homens não entendem nada do que seja troca mútua de carinho e de prazer. Em resumo: não entendem nada a respeito dos homens. Até aqueles homens que se dizem "verdadeiros machões", que "fazem" e "acontecem" com as mulheres; no fundo precisam que a mulher lhes dê carinho e atenção. Somos todos seres humanos e como tal precisamos de alguém que esteja ao nosso lado, nos apoiando, compreendo e nos dando força. E isso vale para todos; não há excessão. Eu honestamente acho que nós homens precisamos mais das mulheres do que elas de nós, mas enfim... No mais, eu gosto de dar prazer à mulher, mas também gosto que ela me dê prazer. Sexo é troca, é empatia, é carinho; e não um jogo ridículo de poder onde um tenta se sobrepor ao outro. Bem, é isso. Grato por sua consideração. Abr. e até!

    ResponderExcluir

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...