Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Maçonaria quer eleger Aécio Neves para Presidente










Ao católico sempre foi vedada a participação em agremiações maçônicas. Porém, diante da realidade atual em que tudo "é permitido", será que a posição da Igreja Católica diante da Maçonaria mudou? Afinal, um católico pode ou não ser maçom? É o que explica o Padre Paulo Ricardo em mais um programa Resposta Católica.






A Dilma Roussef, por pior que seja, ela é mulher e como tal, nós podemos ter certeza de que a Dilma não é Maçom. Portanto, agora, no segundo turno, a situação mudou completamente. Agora, o nosso dever é impedir que a Maçonaria chegue na Presidência da Republica. Não há nada pior do que a Maçonaria no poder. Portanto, nós devemos votar agora na Dilma Roussef e no PT no segundo turno, porque o PT, por pior que seja, o PT não é Maçom e a Dilma não é membro da Maçonaria, pois a Dilma é mulher. Foi a Maçonaria quem espalhou e propagandeou o comunismo e o feminismo pelo mundo. A Maçonaria é a raiz de todos os nossos problemas. Nós temos que banir os maçons da vida publica e da vida politica, mandá-los para o Ostracismo. Haja o que houver, nós não podemos deixar o Aécio ganhar essa eleição. Nós não podemos permitir que um Maçon ocupe o cargo de Presidente. Aqueles tolos que querem tirar o PT a qualquer custo, se defenderem a eleição do Aécio Neves, estarão cometendo um pecado mais grave do que todos os comunistas. A Maçonaria é pior e mais perigosa do que o PT.


I
O QUE É A LIGA ANTI-MAÇÓNICA?

A Liga Anti-Maçónica é uma união de defesa e de preservação contra a Maçonaria para o bem da Sociedade e dos indivíduos; união de defesa para aqueles países, onde infelizmente a Maçonaria já domina; união de preservação para aqueles que ela ainda não invadiu.

Qual é o fim da Liga Anti-Maçónica?
A Liga Anti-Maçónica tem por fim combater em toda a parte e destruir o poder nefasto das lojas maçónicas.

O poder da Maçonaria é grande?
O Grande poder das seitas maçónicas é manifesto; só o não vê o cego voluntário. O Papa Leão XIII, na sua recente Encíclica conta a Maçonaria (20 de Abril de 1884), diz: “No espaço de século e meio a seita dos mações tem feito progressos incríveis. Empregando ao mesmo tempo a manha e a audácia, invadiu todas as classes da hierarquia social e COMEÇA NOS ESTADOS MODERNOS A TOMAR TAL PODERIO QUE EQUIVALE À SOBERANIA.” Um mação de renome, entre muitos que poderia citar, exprime-se assim: “Desde o século XVIII a Maçonaria tão espalhada está no mundo, que pode-se dizer, desde então nada se tem feito sem o seu consentimento.” (Ir. Malapert).

O poder da Maçonaria é nefasto?
Sim, a Maçonaria e má em si mesma, e a sua influência perniciosa. Eis como o Santo Padre a pinta na famosa Encíclica Humanum genus: “A Maçonaria é:
1) Criminosa na sua organização: sepulta-se nas trevas, exige o segredo, impõe a obrigação de executar cegamente as ordens, muitas vezes infames, de chefes desconhecidos…
2) Impia nos seus princípios e nos seus actos contra a religião: negação do sobrenatural e de toda a religião positiva, guerra hipócrita e brutal as instituições do Cristianismo, e especialmente a Igreja católica.
3) Imoral nos seus princípios e nos seus actos contra a lei natural: destruindo a religião, enervando ou suprimindo a crença no verdadeiro Deus, na imortalidade da alma - crença que é a base de toda a moral séria e eficaz; - além disso favorecendo em muitas coisas directamente a corrupção, para assim melhor dominar as almas aviltas.
4) Destruidora de famílias: matrimónio aviltado pelas doutrinas maçónicas e reduzido à classe dum contracto comum que se pode fazer e desfazer; filhos pervertidos nas escolas sem Deus.
5) Revolucionária nos seus princípios e nos seus actos: A autoridade no juízo do mação não vem de Deus; o povo pode a seu bel-prazer estabelecer os poderes públicos, e derribá-los quando não lhe agradem. Estes princípios são postos em prática muitas vezes pelos mações. (Vejam-se no fim as obras editadas contra a Maçonaria, especialmente a do P. Deschamps).
6) Cheia de hipocrisia e de mentira: escondendo mais ou menos, segundo as circunstâncias e os paizes, os seus desígnios revolucionários e irreligiosos,, de liberdade… para melhor enganar os príncipes e os povos.

Os factos têm mostrado e mostram de sobejo a veracidade desta pintura.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...