Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

domingo, 28 de setembro de 2014

Livro: Diabólica: Análise e descrição de perfil da mulher maquiavélica

Muitas pessoas encontram-se possuídas por espíritos demoníacos que controlam o pensamento mediante a aplicação de estratégias próprias que conduzem a um estado de implantação demoníaca. Ao longo do livro é proposto um modelo de análise do perfil demoníaco. Para isso, são descritos vários passos para auxiliar à análise deste perfil, para além de quaisquer suposições. É possível aprender a reconhecer e identificar o modus operandi de um demónio, qual o circuito de pensamento envolvido em torno do implante, qual o implante exacto e quais as necessidades e técnicas manipulativas da pessoa possuída. Demonstra-se, ainda, como as mulheres diabólicas são vítimas do seu próprio destino, encurraladas numa auto-destruição que não conseguem reconhecer devido ao estado em que se encontram.

http://www.amazon.com.br/Diab%C3%B3lica-An%C3%A1lise-descri%C3%A7%C3%A3o-perfil-maquiav%C3%A9lica-ebook/dp/B006UJUXSE/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1411925590&sr=8-1&keywords=mulher+diab%C3%B3lica
Clique na imagem para comprar o e-book. Apenas R$ 6,63 (seis reais e sessenta e três centavos)

Encaixam na categoria de mulheres diabólicas todas aquelas que vivem a vida de modo egoísta procurando usar outras pessoas para satisfazer os seus próprios prazeres, sejam eles carnais ou associados a algo monetário. São mulheres que usam os homens para lhe extrair tudo o que puderem, distinguindo-se de outras mulheres que possuem a mesma finalidade pelo facto de que o seu objetivo real é destruir a pessoa que usam, transformar a sua personalidade e quebrar o seu espírito, e não somente usá-la.
Algumas das designações que encaixam neste perfil, ainda que o oposto não seja necessariamente real, são as chamadas Playettes, as Vampiras Emocionais e as Ninfas. Nestas três designações podemos encontrar características que encaixam no caráter da mulher demoníaca.
  • Playettes: Jogam com as pulsões sexuais dos homens atraindo-os e usando-os. Fazem-nos crer que são amados por elas e que podem ter nelas tudo o que desejam, quando na verdade isto não é mais que uma estratégia para os tornar submissos enquanto são usados com facilidade e deitados fora quando não mais necessários. Trata-se de um uso essencialmente de caráter sexual sem qualquer compromisso, ainda que este seja exigido dos parceiros para garantir uma certa consistência da relação e forte ligação no plano emocional.
  • Vampiras emocionais: Mulheres que usam os homens para lhe retirar energia. O objetivo último consiste em destruir a sua capacidade para viver a vida ou progredir nesta. Se se tratar de artistas, como músicos, escritores, entre outros, o objetivo reside no destruir a sua habilidade de alguma forma, para os impedir de progredir na sua arte. Tal forma de vampirismo consiste na gratificação pessoal pela destruição dos outros. É o amor à morte e o ódio a tudo o que aspira à vida e respira vida.
  • As Ninfas: Não é mais que uma forma de prostituição ou distúrbio do foro psicológico, também comumente conhecido como ninfomania. Prendem os homens a nível sexual pelo prazer sexual que estes lhes facultam, o qual alimenta a auto-estima destas e lhes permite uma certa estabilidade mental. Tais mulheres buscam dar a entender aos homens que os amam ou que os podem de alguma forma ajudar na vida, para os manter sob controlo, quando o único objetivo é a satisfação sexual. Uma satisfação que elas procuram inverter, tornando o homem submisso e dependente do ponto de vista sexual. Transformam os homens em escravos do sexo, desligando-os de todo o mundo exterior e da sua própria identidade ou de qualquer consciência que tenham da sua personalidade. Duma forma geral, as mulheres diabólicas são mulheres que procuram destruir homens bem sucedidos ou que possuem níveis altos de energia, homens que podem ajudar outras pessoas e de alguma maneira elevar o nível espiritual da sociedade.
Elas poderão apresentar muitas das características previamente descritas nos três perfis, mas geralmente possuem-nas todas, com maior ou menor ênfase, consoante o caso e o perfil da sua vítima.
Importa dizer que são mulheres muito solitárias, que sentem esse isolamento. Têm escassos ou mesmo nenhum amigo de longa data, não possuem amigos por perto com quem possam falar de si e da sua vida, e tendem a apresentar níveis de auto-estima tremendamente baixos quando em comparação com o normal.
Tendem igualmente a apresentar distúrbios da personalidade, nomeadamente personalidade múltipla e bipolaridade, oscilando entre dois extremos - o lado muito bom e o lado muito mau.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...