Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

O número de Mulheres contra o Feminismo cresce de forma exponencial no Facebook e na internet

É tão gostoso ver as mulheres brigando com as Feministas. Eu estou até meio assustado com a dimensão que as mulheres anti-feministas estão tomando no Facebook. Eu imaginava que demoraria uns oito a dez anos para ter a quantidade de mulheres contra o feminismo que eu encontrei no Facebook. E em apenas um ano, nós já conseguimos espalhar o antifeminismo como um rastilho de pólvora. A maioria das mulheres hoje em dia está frustrada com os relacionamentos com os homens, porque os homens não querem mais compromisso, não querem mais arriscar investir o amor num relacionamento que quase sempre está fadado ao fracasso. Nós já sabiamos que a culpa disso tudo é do feminismo, que estragou a mulher moderna. Agora, até as mulheres estão percebendo que a culpa dos fracassos amorosos delas é causada pela disposição negativa que o feminismo implantou no subconsciente delas, contra os homens. Elas estão vendo que são elas mesmas que afastam e repelem os homens, apesar de no fundo, quererem atraí-los.


Foto: Via Feminismo Autozoativo

Entrem em nosso grupo: https://www.facebook.com/groups/feminismoautozoativo/

Como curar feministas: http://comocurarfeministas.tumblr.com/


Foto: Resposta Anti-Feminista para o choro Feminista. 

É notório que há um ‘’anti-feminismo’’ em forma de movimento virtual que vem ganhando destaque no mundo todo e muitas mulheres de diversos países estão aderindo à campanha. Confesso que discordo de alguns desses cartazes vindos de fora, alguns por serem completamente idiotas (o que nada diferem do feminismo), outros são ofensivos, já outros são ingênuos demais, mas no geral, em maioria são cartazes bem pertinentes. Eu estou achando ótimo, estou adorando que isso esteja se espalhando pelo mundo, aos poucos o que for idiota e sem sentido vai cair e acredito que prevalecerá o que é bom. 

Aqui no Brasil a campanha ficou por conta da page do Espaço Olavette (se tem outra, desconheço), e manteve um bom nível (como esperado). Várias meninas lindas e inteligentes, em maioria os cartazes estavam bem legais, alguns um pouco ingênuos mas nenhum que possa ser considerado ruim, ofensivo ou idiota como esses que pipocam vindos do ‘’anti-feminismo’’ de outros países. Eu adorei a iniciativa das meninas. 

Passeando pelo facebook encontro um link indicando um texto no blog: ''Escreva Lola Escreva’’, fui me dar o trabalho de ler, é claro que o texto é mais do mesmo discurso feminista oprimida pela sociedade machista, misógina e patriarcal que agora, segundo Lola, esta com uma ‘‘nova moda’’: ser contra o feminismo. (aplausos) - Eu achei curioso que o posicionamento contrário a esse movimento político, que é o feminismo, esteja sendo apontado como uma moda. Ora, quer dizer que mulheres só podem aderir a uma corrente de pensamentos se for moda? Acho que temos feministas preconceituosas que diminuem a capacidade intelectual de mulheres que se opõe a elas. Isso é no mínimo engraçado. 

Lola ilustrou o texto com algumas fotos de musas olavettes, e fez observações:

‘’Você acha que as "musas olavettes" (mulheres fãs do reaça-mór Olavo de Carvalho que têm uma página não muito movimentada no Facebook) são feministas ou anti-feministas? Mulheres anti-feministas são mais que conservadoras -- são reacionárias.''

Primeiro, ser uma (um) olavette não significa ser fã do professor Olavo, as mulheres olavettes ESTUDAM com o professor, não são fanzocas apaixonadas, embora seja impossível não amar o professor , porém é uma relação de admiração, respeito e reconhecimento. Segundo, a página (Espaço Olavette) não busca ''movimento'', busca conteúdo, ‘’fama’’ virtual não é o objetivo das “Musas Olavettes”, a busca é pela troca de conhecimento. Mais uma vez vemos o preconceito feminista expresso na tentativa de infantilizar mulheres que se opõe ao feminismo. 

Não mandei minha foto com nenhum cartaz, mas não é segredo pra ninguém que sou olavette e anti-feminista. Acredito que me encaixo na definição (correta) de conservador, mas nem todas as mulheres que são anti-feministas são conservadoras, ou olavettes, muitas são liberais. O problema é que pra uma feminista, ‘’conservador e liberal’’ significa o mesmo que ''religioso e libertino'', não conseguem compreender o que de fato defende um conservador ou um liberal, aliás, não conseguem ao menos compreender que ser feminista é ser escrava de movimentos de esquerda, movimentos que estupraram, mataram, roubaram, sequestraram em nome dessa utópica igualdade que elas imaginam defender. Mas em uma coisa Lola tem razão, mulheres anti-feministas são reacionárias, já que todas estão REAGINDO ao feminismo, podemos ser assim chamadas.

Não posso deixar de fazer essa observação: Tentar usar ‘’reacionário’’ como antônimo de ‘’revolucionário’’ é a condecoração máxima de um marxista. Parabéns Lola, você luta para um sistema que te domina e te usa como escrava. 

Lola diz: ‘’Eu não me canso de repetir: feminismo tem a ver com escolhas. Eu, pessoalmente, feminista desde criancinha, não costumo criticar escolhas pessoais. Eu critico sistemas.’’ 

É tanta contradição que chega doer.  Feminismo tem a ver com escolhas, mas faz parte de um sistema, já que defendem ideais comunistas nitidamente expressos em seus atos, movimentos, marchas e discursos (isso em diferentes décadas). Então seguindo essa ‘’lógica’’, também pode e deve ser criticado por quem não compactua com as escolhas defendidas por ele, logo, qual é a neura e a indignação com as anti-feministas? Sinto um sinal de desespero no ar, o que demonstra uma projeção: 

‘’Essas pessoas conservadoras estão desesperadas.’’ – afirma Lola.

Ao contrário do que o texto de Lola afirma, não me posiciono contra ao feminismo por achar que o mundo está perdido, pelo contrário, me posiciono contra por ver que a maioria não compactua com esse desrespeito expresso e disseminado pelas marchas promovidas pelo feminismo. Há muita gente de bem que quer ter seu direito de ir e vir preservado sem correr o risco de tropeçar nas ‘’tetas’’ de uma desmiolada que sai desnuda pelas ruas gritando, depredando, insultando tudo e todos. É justamente por acreditar que tem muita gente que presta nesse mundo que acho necessário ouvir a voz de quem é contra o feminismo, nossas vozes também precisam ser ouvidas. Muitas pessoas são leigas, não sabem o que é o movimento feminista, não conhecem a origem, não sabem como se disseminou, desconhecem a pauta que seguem. Quanto mais pessoas esclarecidas tornarem pública sua posição contrária, e quanto mais o assunto for discutido de forma honesta e esclarecedora, mais mulheres irão perceber que o discurso feminista nada mais é do que uma maneira do comunismo se proliferar. A sociedade mudou, mas ainda existem valores que foram preservados, e quando falo em valores estou falando de educação, respeito, limites essenciais para convivência em sociedade. Considerar esses valores ruins não é desejo de evoluir, mas de impor aquilo que pregam. 

Enfim, não vou ficar refutando aqueles clichês feministas de que ‘’mulheres anti-feministas são machistas’’ ou que ignoram os casos de estupro, pois isso é ridículo e pueril, além de ser mais uma mentira sem fundamento. Acredito que no meu texto ficou claro que o fato de uma mulher não ser feminista aqui no Brasil não a classifica como uma fanzoca que segue modinhas. Aliás, segundo dona Lola ''não há anti-feminista famosas no Brasil'', mais uma futilidade boba. O objetivo de uma mulher anti-feminista não é ficar famosa, é apenas trazer o assunto pra discussão. Sem contar que basta abrir a boca pra se posicionar contra o movimento feminista e receber uma chuva de ataques das militantes enfurecidas. É muita palavra de baixo calão e discursos bem inflamados e cheios de bobagens sem fim, quando não fazem de tudo para derrubar seu site, perfil, canal, etc... A tentativa de calar as vozes contra o movimento feminista é absurda, um sinal exemplar de ‘’democracia e liberdade’’, só que não.  - Mulheres contra o feminismo, Resistência Anti-Feminismo Marxista, Antifeminismo, Hipocrisia Feminista, Filosofia Feminista, Feminismo Autozoativo, Ana Caroline Campagnolo Bellei, Garotas Direitas, Pizzaria Brasil, Moça, você é marxista — com Antonio Carlos Iranlei Toscano.
Por Cris Corrêa
________________
Silvania Beatriz Sil

E isso está se espalhando pelo mundo: Nos EUA, no Canadá, na India e na Inglaterra várias pessoas e grupos estão abertamente criticando o feminismo. Pois é, né Feminazis. Agora que vocês não tem mais a proteção dos Rockefeller, fica mais dificil de fazer controle de danos, né? Hoje em dia, a única psicopata que tenta silenciar à força os antifeministas é a Lola Aronovich, com aquelas farsas que ela forja para tentar incriminar os antifeministas de qualquer coisinha. Olha ai Lola, quem é que você vai ter que colocar na cadeia para impedir o antifeminismo de crescer: as próprias mulheres. Eu não duvido da criatividade da Lola em forjar falsas acusações até contra as mulheres, porque ela já provou que é especialista em mentiras e farsas. Mas a diferença é que se ela encher o saco de alguma mulher antifeminista, a mulher pode se defender da Lola e contra-atacar. Bem diferente do que acontece com os homens, que tem que abaixar a cabeça e ver suas vidas destruidas pelo judiciário, pelas falsas acusações feministas.







http://womenagainstfeminism.tumblr.com/submit


http://womenagainstfeminism.tumblr.com/submit


Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...