Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

domingo, 17 de agosto de 2014

O maior inimigo do Feminismo é o maior inimigo das fitas K-7

Qual é o maior inimigo do Feminismo? As bonecas realisticas, Real Doll poderiam ser um embrião de substituto tecnológico para a mulher. É apenas uma das opções. Outra opção é o homossexualismo. Outra opção ainda são as travestis. Eu particularmente defendo muito a opção das travestis para substituir tecnologicamente as mulheres.
As mulheres são objetos, como as Fitas VHS são objetos e, assim com as fitas VHS, as mulheres se tornaram objetos obsoletos, se tornaram uma tecnologia obsoleta, cara e inviável. É inviável hoje em dia para os homens usarem as mulheres para qualquer coisa. A Lola diz que as mulheres tem outras utilidades além do sexo. Mas para essas outras utilidades, nós homens nos satisfazemos com os outros homens. A conversa, a amizade, o companheirismo e até o trabalho, as artes e as diversões podem ser satisfeitas por outros homens. Nós não precisamos das mulheres para trabalhar, para conversar e para absolutamente nada, além do sexo. Aliás, hoje em dia, com as travestis, nós não precisamos das mulheres nem para fazer sexo. E em breve, com os úteros artificiais e a tecnologia da clonagem, não precisaremos delas nem para a procriação. Não estou dizendo que elas não poderiam ser usadas para outros fins; mas o que eu estou dizendo é que não faz sentido para os homens usarem as mulheres para outros fins, se nós temos os outros homens para nos satisfazer nessas outras finalidades. Por que eu deveria ficar conversando com uma mulher, se eu tenho um homem para conversar comigo? Se não tiver nenhum homem, ai a gente fica com o papo furado com as mulheres; mas se houver homens disponiveis, eles nos satisfarão muito melhor do que qualquer mulher, em qualquer área e, agora, inclusive na área sexual.
Eu acho que o problema da mulher moderna é que ela percebe que ela é obsoleta e desnecessária. As feministas mesmas nos ajudaram a incutir nas mulheres a idéia de que elas são inúteis. Antigamente, quando as mulheres ficavam em casa, os homens fingiam que o trabalho das mulheres era importante também. Os homens de antigamente faziam isso para ajudar a salvar a auto-estima das suas esposas, para que elas não se sentissem as parasitas inúteis que elas sempre foram. As mulheres sempre foram parasitas inúteis, que só exploravam e ainda exploram os homens. Nas guerras, os homens tinham que lutar por elas. Os homens tinham que morrer para que elas se salvassem nos naufrágios dos navios. Os homens tinham que trabalhar sufocados nas minas de carvão para que as suas esposas pudessem ficar confortavelmente em casa, fazendo tricô e fofocando com as vizinhas. Os homens sempre tiveram que provar o seu valor. As mulheres nunca tiveram que provar nada. E agora, quando o feminismo as colocou no mesmo patamar que os homens, aonde elas precisam se esforçar para provar que elas valem alguma coisa, agora as feministas estão bravas com isso. A mulher não tem nenhum valor além do sexual. A mulher é totalmente inútil para a produtividade da sociedade e a maior prova disso é que agora, que nós exigimos das mulheres que elas provem o seu valor, como TODOS OS HOMENS SEMPRE FIZERAM DESDE O COMEÇO DOS TEMPOS, a Lola está brava com isso e fica cacarejando que as mulheres são valiosas só porque elas são o que são. Lola, o Feminismo deu às mulheres à igualdade com os homens. Agora, vocês finalmente são iguais aos homens: vocês são um mero objeto descartável, assim como todos os homens sempre foram, desde o começo dos tempos.
A Lola está zangada porque agora que ela finalmente conseguiu a igualdade com os homens, ela está sentindo na pele o que é ser homem: agora, vocês também vão ser substituidas e descartadas por uma tecnologia melhor, assim como todos os homens da história sempre foram. Isso é a igualdade. Os homens são objetos. Agora, que as mulheres são "iguais" aos homens, elas também são objetos e, como tais, são passiveis de serem substituidos, e descartados. Nós homens aceitamos as regras do jogo. Nós homens sempre aceitamos sermos trespassados pelas pontas das baionetas dos inimigos. Agora, chegou a vez das mulheres sentirem o que é ser um "objeto". Aliás, nós homens nunca tivemos o privilégio de sermos vistos como objetos sexuais. Nós sempre fomos objetos de trabalhos forçados, objetos de guerras; mas objetos sexuais nunca. Mas se nos fosse dada a oportunidade de trocar de lugar com as mulheres, adivinhe só: nós trocariamos. E quer saber de uma coisa? Os homens de fato estão trocando de lugar com as mulheres. Veja só aquelas travestis super lindas e femininas que nós temos hoje em dia. São homens que desejam se tornar objetos sexuais de outros homens. Ser um objeto sexual é algo tão bom, que muitos homens dedicam suas vidas a se tornarem objetos sexuais de outros homens. Mas vocês, feministas sempre reclamaram disso.
Ao invés das feministas perceberem o seu erro a tempo e pedirem desculpas pelas calúnias e injustiças que elas estão fazendo contra os homens; não. A Lola decidiu radicalizar ainda mais e menosprezar ainda mais os homens. A Lola foi além da objetificação dos homens. A Lola já chegou no estágio da vermificação dos homens. A Lola reduziu os homens à condição análoga a de vermes que merecem ser exterminados. É assim que ela nos trata: como se nós fossemos vermes.











Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...