Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Mulher explica por que é contra o Feminismo

PORQUE SOU CONTRA O FEMINISMO
23 de maio de 2013 às 00:16

OBS: EU NÃO SOU MACHISTA E NEM REACIONÁRIA! SOU HUMANA ACIMA DE QUALQUER COISA!

Há duas semanas atrás, rolou uma campanha na internet no qual várias mulheres (eu estou incluída) postaram fotos com cartazes dizendo porque eram contra o feminismo, e as femimimiministas demoraram este tempo todo para dar umas respostas tão idiotas e superficiais e mostrarem todo o ódio,intolerância e recalque de pessoas que pensam diferente delas. Bem, eu nem sei se eu devia estar escrevendo isso, mas como elas tiveram tanta consideração em divulgar a minha foto, mesmo eu sendo duramente criticada, resolvi ter um pouco de consideração, embora elas não mereçam.
Cleópatra, Joana D'arc, Marie Curie (para quem não sabe, foi ela quem descobriu os elementos químicos Polonio e Rádio, e vencedora do prêmio nobel em 1903) Madre Teresa de Calcutá, Rainha Elizabeth, Anita Garibaldi,Maria Quitéria (heroína da Guerra de Independência e patronesse do Quadro Complementar do Exército Brasileiro), Beatrix Potter, Margareth Tatcher (considerada a mulher mais poderosa do séc XX), Ayn Rand (autora dos livros “A Nascente” e “A Revolta de Atlas”, considerada a obra mais influente dos EUA, depois da Bíblia). As duas mulheres citadas por último (Margareth Tatcher e Ayn Rand) eram contra o feminismo. Todas as mulheres acima, fizeram história e não precisaram de clemência dos homens e nem bancarem as vítimas para se destacarem, elas só precisaram lutar contra elas mesmas!
As mulheres eram altamente cultuadas nas culturas antigas (Creta, Suméria, Egito, Balibônia, Grécia, Roma) e a feminilidade era venerada em figuras de diversas deusas. Muitas mulheres também se destacaram no mundo clássico, como sacerdotisas, sábias, filósofas, matemáticas. E também tinha a mitologia das mulheres guerreiras (as amazonas).
E as líderes feministas que vocês idolatram?? O que elas fizeram para a humanidade?? Tentar matar Andy Warhol, um dos artistas mais influentes da história (Valeria Solanas)?? Falar que mulheres donas de casas são parasitas e que a família é uma instituição falida (Simone de Beauvoir, Barbara Findlen, Kate Miller)?? Promover discurso de ódio contra os homens (Cheryl Clarke, Sheila Jeffrys, Marilyn French, Hodee Edwards, Catherine MacKinnon, Andrea Dworkin, Susan Brownmiller, Catherine Comins entre outras)?? Abusar psicologicamente da própria filha (Alice Walker)??
A única manifestação louvável foi das Sufragistas Femininas, que na verdade não eram “feministas”, pois eram pró-família, pró-vida e conservadoras. As feministas mais ortodoxas rejeitam estes rótulos.
É sério que vocês acham que as mulheres só trabalham e estudam graças ao feminismo??? Que piada mais sem graça!! São vocês que precisam estudar um pouco mais de história! As mulheres já faziam isso bem antes deste movimento existir!
Na Idade Média, as mulheres tinham acesso a grande parte das profissões, assim como o direito à propriedade.Também assumiam a chefia da família quando se tornavam viúvas. Também estudaram nas universidades da época, inclusive, davam aulas, como a física Trótula de Salerno. Nesta época,também fundaram mosteiros e conventos, escreviam peças de teatro, como por exemplo, Rosvita de Gandersheim. E também, fundaram escolas, como Ana Comnena.
Na época da Revolução Industrial, muitas mulheres deixaram os campos em busca de emprego e educação. Com isso, os direitos das mulheres avançaram bastante, algo que não teria ocorrido não fosse a Revolução Industrial. Entretanto, a ligação entre o capitalismo e o direitos das mulheres se perdeu ao longo do tempo. Na década de 1960/1970, com a segunda onda do“movimento feminista”, estas mulheres que fingem em nos representar, começaram a agir de má-fé e praticamente, “cuspiram no prato que comeram” em algo que havia contribuído bastante para nós, mulheres. Ao invés de defenderem a liberdade de mercado, em nome dos “direitos iguais”, elas exigiram que muitos privilégios se tornassem leis. O livre mercado foi praticamente demonizado, sendo retratado como uma ferramenta opressora que deveria ser combatida, com ações afirmativas, como por exemplo, o sistema de cotas (isso acaba mostrando como as feministas afirmam que mulheres são inferiores aos homens). Elas simplesmente pegaram a ideologia de Karl Marx, um dos maiores cretinos que o mundo já teve, e adaptaram ao movimento. O “burguês opressor” foi substituído por “homem opressor”, o“proletariado explorado” pela “mulher oprimida" e o “capitalismo” por “patriarcado".(Eu, sendo liberal, não consigo levar um movimento de esquerda a sério).
E antes que eu me esqueça, no começo do século XX, a produtividade havia aumentado tanto que um homem de classe média era capaz de ter um salário que dava para sustentar toda a família e com isso, muitas mulheres optaram ficar em casa. Entretanto, no período das grandes guerras, a inflação e os impostos estratosféricos, fizeram com que a renda do homem caísse drasticamente, e consequentemente, as mulheres retornaram ao mercado de trabalho, pois uma só pessoa não conseguiria sustentar a família.
Hoje em dia, é muito mais fácil ser mulher do que ser homem. Não precisamos servir o exército, temos direito à licença maternidade, uma delegacia exclusiva para nós (eu acho desnecessário, pois agressão física já é considerado crime, independente de sexo, cor, religião), nos aposentamos mais cedo, vivemos mais que os homens, seguro de carro é mais barato para nós, temos direito à meia entrada em casas noturnas (não, eu não gosto destes lugares). Até agora, eu não vi nenhuma feminista reclamando destas exclusividades...
Como elas querem respeito chamando mulheres que discordam delas de vadias, putas, vacas e outros termos vulgares?? É por isso que elas não se sentem respeitadas! Os comentários arrogantes e intolerantes só confirmam algumas certezas que eu tenho: elas são pirracentas, amargas, recalcadas, rancorosas, incoerentes e vitimistas.
Talvez, se muitas de vocês não passassem tanto tempo na internet cuspindo veneno, poderiam estar ganhando a mesma coisa e até mais que os homens! Não estou interessada em arranjar pretendente pela internet, pois eu tenho um namorado que além de ser meu companheiro de todas as horas, é um homem maravilhoso (muito diferente dos homens feministas, que na verdade, são uns machistas enrustidos)!! Realmente se eu quisesse aparecer, eu iria na "Marcha das Vadias", de topless e ficaria segurando um cartaz com a seguinte frase: "Ei, Machista! Minha B*#a é o Poder".
É isso que eu tenho para falar e pronto! Não estou interessada em perder meu tempo discutindo com feminazis e esquerdopatas, pois discutir com este tipo de gente, é a mesma coisa que jogar xadrez com um pombo...
As feministas me odeiam, não é mesmo? E eu não as culpo. Afinal, eu odeio o feminismo. É puro veneno. (Margareth Tatcher)

Alguns links interessantes:

http://mulherescontraofeminismo.wordpress.com/2013/03/06/o-que-as-lideres-feministas-pensam-sobre-sexo-casamento-e-sobre-o-homem/

http://mulherescontraofeminismo.wordpress.com/2013/04/02/mulheres-cultas-trabalhadoras-ameacadas-por-serem-contra-o-feminismo-e-suas-mentiras/

http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1370

http://www.youtube.com/watch?v=ks0THJBPwpk

http://www.youtube.com/watch?v=gaA_nlho6Kw

Fonte: https://www.facebook.com/notes/10200176572360968/

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...