Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Filha de Mauricio Mattar processa o pai para continuar recebendo pensão alimenticia de Marajá de 11 mil por mês

 
A filha do Mauricio Mattar, Petra Mattar, está brava com o pai. Porque o pai não está mais querendo pagar a pensão alimenticia para a moçoila de 18 anos.
Maurício Mattar, por sua vez, conseguiu sua primeira vitória na Justiça. O ator, que corria o risco de ser preso por não pagar pensão alimentícia à filha, conseguiu, pela juíza da 11ª Vara da Família e Successçoes, de São Paulo, a redução do valor da pensão de R$ 11.384 para R$ 4,5 mil, e ainda aconselhou, na sentença, que Petra seja incentivada a trabalhar para garantir seu próprio sustento.
Maurício Mattar, 49, conseguiu nessa terça (15) na Justiça o direito de pagar apenas R$ 4,5 mil de pensão alimentícia para a filha. A notícia foi dada pelo advogado do ator, Rogério Rayol: "Essa decisão saiu hoje e é retroativa à 2010. Ou seja, todos os valores devidos pelo meu cliente, e que somavam R$ 34 mil (este valor é parte dos R$ 116.279,52, e que deveria ser pago imediatamente para o ator não ser preso) agora chegam a R$ 13,5mil. Além disso, pedimos para levarem em consideração que, durante todo esse tempo, mesmo não tendo pago a pensão, que era um valor absurdo, ele pagava o aluguel do apartamento onde a filha vive e o condomínio. Só de aluguel ele pagou R$ 3 mil por dez meses"
Essa é a situação atual dos homens: Não passam de escravos das mulheres, ex-mulheres e filhas. As pensões alimenticias são uma verdadeira indústria e uma máquina de extorsão e de roubo descarado dos homens. Ai está a consequência da legalização do divórcio. Os homens voltaram as costas para a Igreja Católica e olha ai a consequência.
A destruição das familias, que a Igreja sempre falou que o divórcio iria provocar, já está consumada. Não tem jeito mais de se resgatar os laços e a afinidade entre um pai e uma filha que se tornaram inimigos no judiciário, graças à cobiça e à sanha feminista de uma ex-mulher que joga os próprios filhos para sugar o ex-marido nas pensões de divórcio e pensões alimenticias.
Como um pai poderia sentir afeto por uma filha que tudo faz para arruiná-lo? Isso não está certo, não mesmo. E isso tudo é culpa dos divórcios e do feminismo. Nós estamos pagando o preço por termos aprovado o divórcio nos anos 70 e por termos dado as costas à Igreja Católica. E a culpa disso também é da Maçonaria, que foi a grande incentivadora do feminismo e do divórcio, porque aqueles advogados maçons queriam ganhar rios de dinheiro com os honorários advocaticios que os divórcios iriam proporcionar e de fato proporcionaram a eles.


Vejam aqui os links das noticias sobre o caso do Mauricio Mattar e a pensão alimenticia da filha Petra:
https://br.celebridades.yahoo.com/blogs/notas-omg/maur%C3%ADcio-mattar-quer-pagar-pens%C3%A3o-filha-135726165.html

https://br.celebridades.yahoo.com/noticias/ju%C3%ADza-do-caso-maur%C3%ADcio-mattar-aconselha-filha-de-ator-a-trabalhar-para-se-sustentar-192603404.html

https://br.celebridades.yahoo.com/blogs/papelpop-conte%C3%BAdo/filha-maur%C3%ADcio-mattar-petra-mattar-fala-sobre-rela%C3%A7%C3%A3o-144701567.html

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...