Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

A cultura da "felicidade" que ta ferrando muita gente por aí.

A cultura da "felicidade" que ta ferrando muita gente por aí.
As pessoas vão atrás de momentos felizes, momentos de prazer e sem dor, porque a nosso cultura acredita que felicidade é a soma de momentos felizes. Essa além de ser a tendência natural do ser humano, é uma constante incentivada pela grande mídia, grande mídia que por sua vez, foi influenciada por séculos e séculos de literatura onanista.
Paradoxalmente quem busca a felicidade não vai ser feliz.
A felicidade plena nada tem a ver com momentos, a felicidade plena muita das vezes vai ter mais a ver com a dor do que com o prazer, na maioria das vezes tem a ver com fazer o que tem que fazer e não o que te agrada.
Ta chegando o carnaval, época em que muita gente espera pra "ser feliz", escolhe uma cidade do interior, enfrenta 5 horas de trânsito, e se acaba em bebida, beijo na boca e sexo. Momentos intensos e "felizes", que acabam. E o vazio interior volta na quarta-feira de cinzas, na verdade ele nem sai, apenas fica sufocado por algumas horas, pelo tempo que dura o "sonho" e o efeito do álcool.
A felicidade verdadeira tem a ver com auto-conhecimento e com uma plenitude que só pode ser sentida na alma, é algo que não depende de nada externo. Uma pessoa feliz é uma pessoa que se sente realizada em qualquer lugar, até em casa, "não fazendo nada", é uma pessoa que está realizada em ser quem é, a felicidade estar em SER.
Os comerciais de refrigerante, bancos, cerveja e vodka, tal qual quaisquer outros, vendem uma felicidade que nunca vai ser alcançada mas que mexe com o desejo do ego, mostram pessoas "felizes" nas praias, nas boates. Mostram um casal de modelos bonito se beijando com um sorriso "sincero" no rosto. Mostram a felicidade tal qual o ego concebe, fútil, fugas e mórbida, e as pessoas se inspiram. Uma pena é que essa inspiração é a própria desgraça humana. É o que te faz trabalhar onde não gosta, pra ganhar um dinheiro que não precisa, gastar no que não edifica, pra agradar gente que não gosta de você e ser aceito pela sociedade, sociedade esta que é composta por gente que quer ser "feliz" e está disposta a qualquer coisa pra alcançar isso, inclusive passar por cima de você e da sua "felicidade".
É o desejo de ser feliz que te faz trocar de namorado todo ano, é ele que te faz pagar uma prestação altíssima num carro que você não poderia comprar, é ele que te faz ser quem você não é, é o desejo de prazer a qualquer custo, o desejo de aprovação, o desejo de "ser feliz".
A felicidade sem aspas só é conquistada por quem sabe que não dá pra alcançar a felicidade com aspas. E isso pelo simples fato de que felicidade com aspas é ilusão, não existe, é um abismo para o qual você corre afoitamente.
Felicidade sem aspas é um caminho simples, difícil de ser conquistado, mas não tem nada a ver com lugares, coisas e outras pessoas, tem a ver com você mesmo e com Deus.
E muita gente ainda coloca Deus nesse jogo de felicidade mesquinha, pedem coisas e mais coisas, porque querem uma vida perfeita, mas se esquecem do que Jesus disse: "Qualquer que quiser ganhar a sua vida, perdê-la-á..."
Quer ser feliz? Desista de ser feliz! Desista de querer ser admirado! Desista de querer ser a mais bonita! Desista de querer ter uma pessoa pra mostrar pros outros, prefira ter alguém que te ajude a chegar no seu alvo, que deve ser "ser o melhor que você pode ser". Desista do "amor"! Desista dos "amigos"! Desista das curtidas! Desista dos comentários elogiosos! Desista da ilusão!
Eu sei, é difícil, eu to no mesmo caminho, mas eu já tomei consciência do que é a verdadeira felicidade, então eu estou na frente de 98% da população humana.

Se junte a mim, vamos ser felizes.

- Davi Gunnar

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...