Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O peso de ser uma biscate


“ Eu confesso que me acho uma biscate, perdi minha virgindade com 13 anos e desde então dou + que chuchu na cerca aff, queria mudar, já até sai com caras por dinheiro...quero até sair com mulheres, Por mais que eu tente não me livro disso me sinto corrompida, queria não ser assim, aff, mas é tarde já me corrompi na vida, lógico que sou discreta mas por baixo dos panos sou uma TREMENDA DE UMA PUTA, pela primeira vez desabafo isso, ninguém sabe do meu lado promiscuo mas queria mudar... mas acho que não tenho cura hoje tenho 20 anos =x e ainda sou uma vaca, traidora, mentirosa...Minto tanto quando namoro que até eu acredito nas minhas próprias mentiras e até choro...NÃO QUERO MAIS SER ASSIM!”


Outra história:

Olha, eu perdí a virgindade com 13 quase 14 com um moleque da rua mesmo e gostei muito mas era coisa de criança então eu acabei sendo a putinha da rua, dava para qualquer um nunca rejeitava ninguém, meus pais sempre trabalharam das 6 as 22 em nosso comércio e eu ficava em casa para estudar, mas nem abria os livros ao inves disso eu levantava a saia. Se algum moleque queria usar o pauzinho, ele se juntava com outro (menino só anda em bando) e ia em casa, as vezes 1, 2, 3, 4, 5 não importava quantos eram e nem sabiam meter direito, nem eles nem eu visto que tivew meu primeito orgasmo só com 17, era sempre igualzinho, o moleque chupava meu peitinho, eu chupava o pauzinho dele e ele colocava onde quizesse, no cu ou na buceta. No começo tinha que me cantar um pouco, aew ia pro meu quarto, depois saia e outro me cantava um pouco e assim ia, com 15 anos de tão acostumada nem precisava cantar e nem me vestia mais, tipo ia 4 para o quarto comigo e eu dava pra 1 por vez, com os outros olhando mesmo e as vezes iam 4 moleques e tinha 1 ou 2 que eu nunca tinha visto, mas não me importava. Não estava nem aew, acho que não consigo lembrar de nenhum menino da adolescência que não tenha tranzado. Mas faz muito tempo, já estou com 47 agora e segui com essa vidinha até os 19. Quando entrei na faculdade, todos os dias os meninos disputavam quem me daria carona, pq por mais que eu não estivesse a fim pelo menos chupar eu chupava. Com 19 acho que um pouco de maturidade me fez fazer um balanço e ver que dava pra contar nos dedos as tranzas que tinham valido a pena e parei, pedí transferência da faculdade para outra cidade 300km de onde morava e comecei outra vida. Namorei sério algumas vezes e casei com 25 anos. Meu marido nem desconfia de meu passado, afinal tem um ditado que é a pura verdade. Passado de mulher é igual cozinha de restaurante, se vc conhecer vc não come. Só pra constar nunca traí meu marido e sou muito feliz com ele. O dia que vc parar e pensar quantas tranzas da sua vida aleram a pena acho q vc também muda.
Concorda com este comentário? Classificação: 2

Logo abaixo, alguns comentários dos leitores do site sobre o comportamento feminista das moças acima:


submetido por: anonimo-6135, em 05/28/2010: [34180] nossa, só lamentos p/ vc minha querida....um dia tenha certeza ira se arrepender de ter sido PUTA , será que um dia alguem vai te querer p/ ter um relacionamento serio??? NÃO se souber o quanto vc é RODADA...é tão feio ter essa fama, como vc suporta passar na rua e eles dizer:EU COMI AQUELA VAGABAUNDA ONTEM, ELA FAZ UM BOQUETE DA HORA, ELA É A MAIOR PUTA NA CAMA...coitada da sua familia, devem ter vergonha de sair de casa!!!!!!!!!!!bom se vc gosta de ser assim.....siga em frente.......VADIA
Concorda com este comentário? Classificação: -1

submetido por: anonimo-7402, em 05/27/2010: [34159] a sua vida é uma lixeira tremenda, é uma bosta..mas ha sempre tempo para se redimir enquanto está viva, arrependa-se e peça perdao a DEus, a misericórdia de Deus/jesus, é infinita..creia nela e reze por ela, ou sofrerá imenso, nno futuro, porque escusado é dizer, que ninguem dura para sempre, e ja todos sabem o que nos espera depois da morte, só nao sabe quem nao quer saber!!!

submetido por: C, em 05/27/2010: [34148] Eu tb já fui puta comecei transar c/ 12 anos, e dava como chuchu na serra tbm, por dinheiro e de graça tbm, cheguei a me prostituir de verdade, fazia ponto em avenida e tudo mais. Só que eu não costumava enganar ninguém, quem me namorasse sabia tudo, nunca enganei nem menti p/ ninguém, sempre fui uma puta assumida e toda minha família sabia.Nunca escondi de ninguém.Mas numa dessas conheci meu marido q era meu cliente e agora é marido há 10 anos.Ele diz q o que mais admira em mim é minha sinceridade e honestidade, nunca o traí nem menti p/ ele, ele sabe de tudo que eu já fiz na minha vida. E dou muito valor ao marido que tenho pq já me fodi muito na vida.

Fonte:  http://www.euconfesso.com/confissao-18457.html

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...