Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

domingo, 15 de dezembro de 2013

Como a teoria de Hegel da Tese X Antítese nos ajudará a destruir o Feminismo







A Feminista Lola está debochando de mim, porque eu escrevi que vou destruir o movimento feminista. Pois bem. De fato, seria cômico, se eu não explicasse pelo menos "como" eu pretendo destruir o movimento feminista.
Destruir ou aniquilar o movimento feminista era o meu desejo e objetivo tão logo eu fui expulso da especialização em Gênero e Raça da UFMS, como uma maneira de me vingar desse movimento ideológico. Mas eu ainda não tinha um elemento no meu plano para destruir o feminismo: um Plano de Batalha Tático que claramente especifica como eu deveria proceder para derrubar o movimento feminista. Mas vejam só que sorte a minha: em 1823, um professor alemão de filosofia chamado Hegel criou essa fórmula, esse plano de batalha específico. Hegel propôs que as sociedades fossem governadas pela seguinte fórmula:

A existência de um tipo de governo ou sociedade, chamado Tese, provocava o aparecimento do oposto desse tipo de governo ou sociedade, que Hegel chamou de Antítese;
Tese e Antítese naturalmente começariam a batalhar uma contra a outra, pois são sistemas exatamente opostos e, portanto, com visões diferentes sobre o mundo;
Se a Tese e a Antítese batalharem por um longo período de tempo, sem que nenhum lado aniquile o outro, essa batalha resultará em ambos os lados mudando para um sistema híbrido de governo e de sociedade, que Hegel chamou de Síntese.
Uma batalha constante, ou ameaça de batalha, era a chave. Hegel teorizou que "Conflito traz mudança, e o conflito planejado traz mudança planejada." Essa teoria varreu a Europa, nos campus das universidades, acendendo um grande debate! Foi a Teoria de Hegel, da Tese X Antitese que originou o comunismo, que foi criado para ser a antítese ao sistema europeu vigente na época. Agora, eu tenho a fórmula para destruir o feminismo!



Vamos agora definir esses termos conforme eles se relacionam com o meu Plano de destruição do feminismo:
Tese — é o sistema original que domina a sociedade atual: o Feminismo. Esse sistema é baseado na guerra de sexos das mulheres contra os homens, na liderança lésbica do feminismo e no ateísmo e esquerdismo militante das mulheres, além da defesa do aborto e da promoção de todas as putarias sexuais.;
Antítese — é o sistema oposto à Tese, que, teoricamente, batalhando contra a Tese por um período longo de tempo, produziria um novo sistema, chamado Síntese. O principal problema é que nenhum sistema realmente oposto à Tese Feminista existia até este ano de 2013.
Portanto, o que você faz quando nenhum sistema oposto apareceu "espontaneamente"? Se eu estivesse incumbido de executar o Plano de Destruição do Feminismo, e acreditasse na teoria de Hegel, suponho que procuraria criar um sistema exatamente oposto à Tese.

A Antítese foi teoricamente criada quando publiquei o meu livro: "Como combater e desmascarar a diabólica Doutrina do Feminismo" e fiz este site, Feminismo Diabólico e o meu outro site: www.antifeminismo.com.br A minha ideologia do Antifeminismo foi criada como um oposto direto à Tese do Feminismo, para que a teoria de Hegel pudesse ter prosseguimento.
O Antifeminismo propõe que os homens recuperem o controle sobre o Patriarcado e demonize e proíba a ideologia do feminismo. Um oposto mais completo à Tese Feminista do que esse não teria sido possível.
* Síntese — é o novo sistema híbrido produzido pela batalha constante entre a Tese e a Antítese. A Síntese está planejada para ser um Sistema onde não haja nem feminismo e nem machismo, onde as ideologias de gênero serão estritamente proibidas, para evitar o recrudescimento da guerra de sexos entre homens e mulheres. A síntese está planejada para ser cristã na religião, que é o híbrido entre o catolicismo e o protestantismo, mas cada um preservando sua identidade própria. Esse novo sistema, hipoteticamente chamado de Síntese, ainda não tem um título; mas isso não importa, porque as linhas gerais do plano que traçamos já estão feitas.

Esse Plano Hegeliano foi a grande premissa que guiou as minhas ações e atualizações neste site Feminismo Diabolico. Simplesmente, o Plano era criar o sistema perfeitamente oposto à Tese, chamado Antítese. Esses dois lados opostos batalhariam entre si política e verbalmente durante muitos anos, ameaçando o mundo com uma grande guerra. No entanto, o Plano requer que nenhum lado destrua o outro. Nos muitos anos durante os quais essa batalha foi planejada para ocorrer, as atitudes das pessoas em ambos os lados mudariam gradualmente, até que o ponto fosse alcançado em ambos os lados, que permitiria que o novo sistema, a Síntese, nascesse. Esse sistema Síntese será um sistema livre de feminismo, de machismo, porque não fará mais sentido manterem-se ideologias sexistas, já que cada sexo saberá de antemão o seu papel na sociedade e jamais ousará desafiar novamente tais premissas, pois manteremos vivas nas memórias das futuras gerações todas as putarias e obscenidades que o feminismo e suas marchas das vadias impuseram ao mundo.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...