Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

segunda-feira, 23 de março de 2015

As feministas só querem o PODER



Nós nunca conseguiremos convencer as feministas a abandonarem o feminismo, porque o que as feministas querem é o PODER absoluto. E elas sabem que elas precisam provocar uma escassez artificial de sexo nos homens, para subjugarem os homens à vontade delas, para elas terem PODER sobre os homens. Um homem que tem sexo ilimitado e sem restrições, não se submete jamais aos caprichos de uma mulher e é esse tipo de homem que as feministas mais temem, porque esse homem, elas não conseguirão domá-lo ou escravizá-lo.
O ódio que as feministas nutrem contra a Igreja Católica tem essa mesma origem: a busca do PODER delas. Como a Igreja Católica não permite a ordenação de mulheres sacerdotes e como a Igreja também não permite que os Padres se casem, e façam até voto de castidade, as mulheres feministas não conseguem influenciar negativamente a Igreja Católica, como elas fazem nos demais setores da sociedade. Por essa razão é muito importante que todos os homens defendam e protejam a Igreja Católica, dos ataques feministas, mesmo que o homem seja ateu: Porque a Igreja Católica é um dos ultimos redutos exclusivamente masculinos de PODER, que não foi ainda infiltrado pelas feministas. As forças armadas são outro lugar assim, mas que não tem grande influência na opinião publica, pelo menos não tão grande quanto a Igreja Católica.
As feministas bajulam os gays e as travestis porque elas sabem que elas não podem manipular os gays através do sexo, como elas fazem com os outros homens, então, as feministas fingem que são muito compreensivas e mui amigas dos gays e das travestis: para pelo menos neutralizar os gays e as travestis e não criar neles qualquer disposição de contrariedade contra as mulheres.
Quem não se submete à essa matrix ginocentrista, as feministas simplesmente tentam eliminar fisicamente a pessoa, através de assassinatos, ou falsas acusações de crimes, ou assassinatos de reputações ou ridicularizações, como elas fazem comigo, para tentar reduzir ao minimo a minha influência.
Portanto, a única forma dos homens se libertarem dessa verdadeira escravidão que as mulheres impuseram contra nós, é nos libertarmos das próprias mulheres, através das travestis. Nós precisamos namorar e fazer sexo apenas com as travestis, porque essa é a única forma dos homens manterem o seu PODER na sociedade e até mesmo a única forma de SOBREVIVEREM.
Com as travestis, os homens não sentirão mais a escassez de sexo e de amor e não se importarão mais com os cacarejos das mulheres. Elas que se virem para conquistarem o espaço delas, assim como nós sempre fizemos. E é isso que as feministas não querem. Tão logo as feministas percebam que nós masculinistas estamos dispostos a usar as travestis para substituir as mulheres no sexo e tão logo isso as faça perder o poder, elas rapidamente se voltarão contra as travestis e tentarão eliminá-las da sociedade ou neutralizá-las de alguma forma, através de bajulações, falsas amizades e falsos elogios, para atrair as travestis para o lado delas e, com isso, torná-las tão asquerosas quanto elas mesmas são.
Eventualmente, os homens também poderiam se libertar da escassez de sexo, se fosse desenvolvida uma tecnologia suficientemente avançada de uma mulher-robô, com inteligência artificial, mas essa tecnologia talvez seja tão impossivel e distante quanto a tecnologia da fusão nuclear.
Além do mais, as travestis são infinitamente melhores do que as mulheres-robô, porque as travestis são de fato seres humanos e elas podem simular no cérebro delas um software mental completo de uma mulher. Tão realistico, que até as próprias travestis e quem namora elas vão acreditar piamente que elas são, de fato, mulheres. Mas, sem os inconvenientes das mulheres com buceta. Portanto, é fundamental que todos nós tratemos muito bem as travestis e nunca nós devemos pedir para elas fazerem aquela maldita cirurgia de mudança de sexo. Nunca peçam para uma travesti cortar fora a piroca e nem as bolas dela. No máximo, uma castração química seria aceitável, mas jamais cortar nada fora, entenderam? É uma monstruosidade e uma violência inimaginável aquilo que alguns homens fazem com uma travesti de fazer ela se sentir mal com o seu corpo feminino só porque ela não tem uma buceta. Nós não precisamos de uma buceta para nada. Não tem problema nenhum a piroca de uma travesti. É até melhor que a travesti tenha uma piroca, porque só quem tem uma piroca não consegue fingir um orgasmo.
Dessa forma, eu concluo que as travestis são o melhor e mais eficiente meio que nós homens e masculinistas temos, de mantermos o nosso PODER na sociedade e de nós reduzirmos a influência e o PODER das feministas na sociedade. Além do mais, se nós não tratarmos bem as travestis, elas irão para o lado das feminazis ou dos LGBTs, fortalecendo, assim, os nossos inimigos.
E eu não estou pedindo para todos vocês fazerem sexo com as travestis; mas eu estou EXIGINDO, que todos vocês tratem muito bem as travestis, com educação e cortesia e nunca as ofendam e nem façam elas se sentirem mal. As criticas, deverão sempre ter o caráter CONSTRUTIVO e não o caráter DESTRUTIVO, como ocorre atualmente. E o que significa isso? Significa que é válido criticar uma travesti em algum ponto que a ajude a melhorar a si mesma e a se feminilizar ainda mais, desde que essa critica tenha o objetivo de ajudar mesmo a travesti: quando, por exemplo, ela não é tão feminina a ponto de se passar por uma mulher, ou então quando ela esteja acima do peso e precise fazer um regime. Esse tipo de critica, se feita com cuidado e com espirito de ajuda, será muito útil principalmente para a travesti, porque essa critica apontará para ela quais são os caminhos que ela deverá seguir para se aperfeiçoar cada vez mais: se ela tem que fazer uma cirurgia plástica no nariz, nos seios ou no bumbum, se ela precisa emagrecer mais, se ela precisa fazer uma feminização facial, se ela precisa se depilar, etc, etc.
O que não pode ocorrer é o que acontece muitas vezes num país de gentalhas como o nosso: que são as criticas DESTRUTIVAS, que não tem nenhuma intenção de MELHORAR a travesti, mas sim de colocá-la para baixo. Isso vocês não devem fazer nunca e nunca, nunca mesmo, falem daquela maldita cirurgia de mudança de sexo. Nenhuma travesti precisa cortar fora a piroca dela. Mas, algumas delas, realmente tem alguns problemas psicológicos e, nesse caso, elas são transexuais e, talvez, elas nunca se satisfaçam completamente, a não ser que elas façam a cirurgia de mudança de sexo. Mas esses casos são casos complicados, que só um psicólogo ou um psiquiatra poderia diagnosticar e, nesses casos, é melhor você não se meter mesmo. Mas, a grande maioria das travestis, jamais cogitaria a hipótese de cortar fora a piroca delas, se soubessem que a piroca não é problema para os homens. E, de fato, não deveria ser. Até porque, o clitóris das mulheres é um pequeno pênis subdesenvolvido e, se você já lambeu alguma buceta, na prática, vocês estava lambendo o pequeno pênis das mulheres: o clitóris. Além disso, se pegar no pau de alguém te transforma em um boiola, então TODOS os homens são boiolas, porque todos os homens pegam no próprio pau para bater punheta. E ora, se você já pega no seu próprio pau, que diferença faria você pegar no pau de uma travesti? Então, nós vemos claramente que todos esses preconceitos são de fato injustificáveis pela lógica e pela razão. Pelo contrário: a lógica e a razão nos dizem claramente que é do nosso maior interesse reduzirmos ao máximo o valor de mercado do sexo com as mulheres e, sem dúvida, as travestis são o caminho mais eficaz para isso.
Outra coisa muito importante: nunca tratem as travestis como homens com forma de mulheres ou homens com peitos, porque as travestis não gostam disso. A melhor forma de tratar uma travesti é como se ela fosse mesmo uma mulher, mas que tem uma piroca. Portanto, para todos os efeitos, as travestis devem ser tratadas como mulheres com piroca e não como homens com seios. Lembrem-se sempre disso, para nunca magoarem inadvertidamente uma travesti. Muito embora, para nós seja perfeitamente claro que no fundo, a travesti é um homem com formas femininas, a travesti não se vê dessa forma e, portanto, nós devemos ter muito tato para tratar com elas. Se é assim que elas querem ser tratadas, não nos será nenhum pouco dificil fazer isso e nós devemos sim tratá-las como as princesinhas que elas merecem ser.





Nós temos o futuro sob controle

Parte homem, Parte mulher, Toda TRAVESTI 






















Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...