Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Mulheres fazem 'topless' ilegal em protesto contra o machismo"

Mulheres fazem 'topless' ilegal em protesto contra o machismo


por LusaOntem23 comentários


Fotografia © REUTERS/Sergio Moraes

Protesto no Rio de Janeiro foi realizado para chamar atenção para a falta de liberdade das mulheres. O 'topless' é ilegal no Brasil, sendo considerado um ato obsceno e está classificado como crime.
Sete mulheres desafiaram a lei brasileira e fizeram hoje 'topless' na praia de Ipanema,
no Rio de Janeiro, enquanto outras usaram uma blusa com fotos de seios à mostra, para protestar contra o machismo.
O ato, denominado "Topless in Rio", foi realizado para chamar atenção para a falta de liberdade das mulheres, e reuniu cerca de 20 pessoas, segundo a imprensa brasileira.
No Brasil, a proibição do 'topless' não está explícita no código penal, mas essa prática, em público, é considerada como um ato obsceno e classificada como crime.
A regra surpreende turistas que estão acostumadas a fazer 'topless' nos seus países e que conhecem o Brasil por via de um imaginário mais liberal, sobretudo devido a imagens do período do Carnaval, que contrasta com uma realidade legislativa mais conservadora.
Grupos feministas questionam o facto de o 'topless' ser proibido nas praias, mas estar presente na televisão e nos cinemas, em novelas e filmes, e nos desfiles das escolas de samba, durante o Carnaval, por exemplo. Citada pelo jornal O Estado de São Paulo, a organizadora do protesto, a produtora cultural Ana Paula Nogueira, afirmou que foi organizado para "questionar e desnudar as hipocrisias".


Meus comentários: Como vocês podem ver, as feministas continuam a cometer crimes impunemente. As mulheres escolhem quais leis elas vão obedecer e quais leis elas vão desobedecer e ninguém pode criticá-las por isso. Se uma mulher coloca na cabeça dela que uma lei é "machista", então a mulher tem o direito de DESOBEDECER A LEI. Se há uma lei que proíbe o aborto e a apologia ao aborto, e a mulher "acha" que é uma lei "machista", então a mulher pode ESCOLHER NÃO OBEDECER A LEI. 
Que conceito formidável, não? Obedecer apenas às leis que elas querem obedecer e desrespeitar as leis que elas acham "machistas". Que tremendo tapa na cara do judiciário e da policia, não? Já imaginaram se os traficantes de drogas adotarem também esse conceito? E isso seria perfeitamente possível e até mais plausível do que esse argumento esdrúxulo das feministas, porque primeiro, em alguns países da Europa, não é proibido o consumo e o comércio de drogas, então, por que no Brasil isso é crime? Segundo: se as feministas podem escolher quais leis elas vão obedecer e quais leis elas vão desobedecer e ninguém pode criticá-las por isso, por que o mesmo não valeria para assassinos, estupradores, traficantes de drogas e ladrões? Ah, a lei proíbe o tráfico de drogas. Mas, se a mulher achar que a lei é "machista", então ela pode desobedecer, né? Nada mais falso. Se as mulheres acham que uma lei é injusta e não deveria existir, a coisa certa a se fazer é tentar REVOGAR A LEI, para só depois disso fazer o fato típico descrito no tipo penal. Não se pode "escolher" obedecer ou desobedecer uma lei, porque senão todo o sistema juridico, policial e penitenciário desmoronaria e a anarquia seria implantada na sociedade, bem como o caos e a selvageria. É preciso que essas feministas sejam PUNIDAS COM TODO O RIGOR DA LEI, para dar o exemplo para as outras mulheres que a desobediência à lei será punida. Se isso não for feito, então o Estado não terá mais moral nenhuma para exigir dos cidadãos o cumprimento das leis. Em muitos países não existe crimes de opinião e a liberdade de manifestação do pensamento é total; mas no Brasil, se alguém falar qualquer coisinha contra o feminismo, ele vai para a cadeia e passa o resto da vida na prisão e perde todos os seus bens, sua dignidade e sua liberdade. Não me surpreende que tantos homens hoje em dia tentem virar travestis. Ser mulher na nossa sociedade é um salvo-conduto para matarem os maridos, os filhos, os desafetos e ainda serem recompensadas como heroínas e ganharem o cargo de Presidente da Republica, como aconteceu recentemente com uma certa senhora do PT, que matou, roubou bancos, cometeu crimes e, ao invés dela ser presa, ela conseguiu se tornar Presidente da Republica. É, ser mulher no Brasil e ser criminosa no Brasil COMPENSA. Vamos nós também entrar nessa mamata e vamos virar travestis para ver se a gente consegue ao menos uma parte desse botim de pirata.












Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...