Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

sábado, 3 de maio de 2014

A Síndrome de Cinderela da Brasileira.

A Síndrome de Cinderela da Brasileira.

nobrecondemontecristo11 de novembro de 201315 Comentários

** Por COBRA do fórum Mundo Realista



Nesta minha postagem irei explicar o porquê da mulher latino-americana (Brasileira principalmente) estar cada vez mais nojenta, ególatra e insuportável.
“A Síndrome de Cinderela” (termo popular) é uma doença que assola as mulheres Brasileiras principalmente a nova geração com o advento do feminismo, da tecnologia e das novelas Globais.
Trata-se de uma mulher absolutamente comum ter exigências insanas com relação ao sexo oposto e em acreditar piamente que ela é um ser único e especial desprovido de qualquer falha ou defeito.
Ela mente para si mesma e acredita piamente na sua própria mentira em achar que apenas pelo fato de ser mulher, merece sempre os melhores homens do mundo para si.
A Cinderela típica Brasileira é gorda, feia, pobre, não tem carro, mora de aluguel em bairro suburbano fudido, nem curso superior tem. Seus pais são pobres (se é que ela realmente teve um pai); não trabalha, e se trabalha, é em um emprego de merda em um supermercado, comércio ou posto de saúde durante o dia.
Enfim é uma derrotada que vem falar grosso e exigir quais homens (os melhores claro) podem se relacionar com ela.
Isso já caracteriza por si só, um grau leve de Psicopatia.
Uma Sociopata criada pela Rede Globo de Televisão, pela mãe mimando e passando a mão na cabeça diante dos seus erros, pelos Manginas cortejando mesmo que não a achem atraente, afinal, se ele não a cortejar, se não “Manginar”, se não babar o ovo, será zuado por “não ser homem” pelos demais colegas.
Tomem como exemplo propagandas da Dove onde exaltam a beleza e auto-estima de gorda, feia, velha… afim de tornar todo ser com uma buceta especial e desprovido quaisquer defeitos.
O Facebook e demais redes sociais em geral que não passam de uma vitrine onde os pedaços de carne se exibem, onde as mais feias são sempre “as lindas”, perfeitas, poderosas, onde as “gordinhas” (jamais são gordas relaxadas) são as mais preferidas pelos homens.



Onde as mais putas que deram o rabo pra metade da cidade, são as mais virtuosas e falam com propriedade.
Afinal, pegaram vários CTRL + C CTRL + V de trechos de livros que nunca leram na vida (aliás, nunca leram é livro nenhum na vida).
A medida de que se você for Homem é praticamente uma heresia recusar um saco de banhas ambulante, ou uma mulher inferior a você em todos os aspectos.
A medida que você recusar qualquer mulher é taxado por elas mesmas de “viado”.
O mesmo “Viado” que elas defendem com unhas e dentes, mas que usam para lhe atacar e preferirem morrer do que ter um filho gay em casa.
A Cinderela Brasileira é uma Sociopata Imediatista, uma louca descontrolada que se acha no direito de exigir, exigir, exigir… e exigir ainda mais.
Ela coloca o seu (fraco) poder de barganha na mais alta cotação do mercado a peso de ouro.
Pois na mente (Sociopata e Doentia) delas, elas são seres tão especiais quanto uma mulher de antigamente, elas se acham as mais virtuosas por serem putas baladeiras, mãe solteiras que carregam filho bastardo de Cafajeste, gordas, feias, burras que nunca estudaram na vida, são pobres em sub-empregos… são completas lascadas na vida.
Mas o feminismo (Brasileiro) permite que elas sejam assim, afinal é um “Feminismo de Conveniência” onde o homem paga a conta, a mulher ganha mais e exige sempre os melhores e superiores.
E então eu faço a pergunta:
“E aí paspalho vai assumir a Cinderela?”

Comentário do Conde:
COBRA foi impecável, muito bom texto, a mais pura verdade.
As mulheres atuais, sobretudo as brasileiras, são um bando de sociopatas fúteis, ególatras e interesseiras no seu mais alto grau.
É só observar nas ruas, no dia a dia a forma que elas se comportam, parecem que estão em uma novela da Globo e cada uma delas é a atriz principal.
Se acham únicas, pensam que o mundo gira ao seu redor, que todos observam cada passo que dá.
Mesmo as mais Dragonetes barangas olham os homens ao seu redor de cima pra baixo como se fossem beldades acima do bem e do mal.
No Facebook isto fica bem escancarado, as postagens delas deixam isso cada vez mais claro. Frases de indiretas a cafas e inimigos invejosos imaginários, fotos ridículas e em trajes de semi-putas, vitimismo etc… tudo isso compõe esse contexto fútil e ególatra delas nas redes sociais.
E, engraçado, a maioria ao invés de pensar em estudar, trabalhar, fazer algo de útil, pensar no futuro só sabem perder tempo com merdas, ficam o dia inteiro a bordo de seus celulares e/ou computadores correndo atrás de Cafas, festas com amigas vadias, se preocupando com a vida alheia. No fundo elas sabem que mais cedo ou mais tarde algum Capitão Salva Putas otário vai salvá-la garantindo sua previdência privada e a criação de seus filhos bastardos fruto de putarias com canalhas marginais.
Parte disso é culpa da futilidade natural das mulheres. A outra parte da culpa (e a maior e mais nociva) é o Manginismo que inflaciona muito o valor bucetístico. Qualquer mediana mulambenta gorda tem vários caras que a corteja o que faz com que essa Cururu ambulante se ache uma princesa.
A Síndrome de Cinderela da brasileira é fato por conta dos milhões de otários que transformam as abóboras podres delas em lindas carruagens.

Fonte: http://nobreshomens.wordpress.com/2013/11/11/a-sindrome-de-cinderela-da-brasileira/

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...