Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Senador do PSOL finge ter sido agredido por Bolsonaro


Bolsonaro nega agressão a Randolfe: “Eu teria nocauteado ele”


POR MÁRIO SÉRGIO CRUZ

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) negou que tenha agredido o senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP) com um soco no estômago na discussão entre os dois ocorrida na manhã desta segunda-feira durante a visita ao Destacamento de Operações de Informações-Centro de Defesa Interna (Doi-Codi), que funcionava em um prédio no interior do 1º Batalhão da Polícia do Exército, na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. "Houve uma troca de insultos e empurrões e ele diz que foi agredido. Eu teria nocauteado ele", declarou o deputado a Terra Magazine.
Na sua visão, o que aconteceu na manhã de hoje?
Tudo começou na quinta-feira, quando manifestei o interesse de visitar o Batalhão da Polícia e perguntei o que aconteceria se eu fosse e João Capiberibe, senador (PSB-AP) disse que não iria me deixar entrar. Que moral eles tem para impedir a entreada de um deputado federal e integrante da Comissão Nacional de Direitos Humanos? Foi o que aconteceu hoje, João Capiberibe impediu a minha entrada e o Randolfe tomou as dores dele. Houve uma troca de insultos e empurrões e ele diz que foi agredido. Se fosse assim, eu teria nocauteado ele.
Como ocorreu o procedimento dentro do Batalhão da Polícia?
Houve uma visita a três salas e eu não usei da palavra em nenhum momento. Na primeira algumas pessoas protestavam. Então me desliguei do grupo. Tinha ainda uma quarta sala servindo água e umas bolachas, mas eu não entrei porque não me misturo com essa gente.
Durante o incidente, você disse que a comissão da Verdade não aceita o contraditório, que um tipo de um crítica comum dos simpatizantes do regime militar. Por que?
A Comissão só vê um lado da história. Eu desmonto a história do golpe. Que golpe é esse em que 360 deputados elegeram João Castelo Branco. Eles queriam o poder, foram para a luta armada e prolongaram a permanência dos militares na presidência. Agora estão a um passo de implantar uma ditadura do proletariado com esse clientelismo e o desgaste dos poderes, como fizeram com o Judiciário.

Fonte: http://terramagazine.terra.com.br/blogterramagazine/blog/2013/09/23/bolsonaro-nega-agressao-a-randolfe-eu-teria-nocauteado-ele/

Um comentário :

  1. Senador finge ter sido agredido e deputado finge agredi-lo dissimuladamente conforme mostra as imagens.
    Foi acordo então?

    ResponderExcluir

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...