Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

sábado, 14 de setembro de 2013

Feminista da Carta Capital vomita mentiras sobre estupro

Hoje eu li um artigo no site da Revista Carta Capital de uma feminista chamada Nádia Lapa dizendo que todo homem é um estuprador. O título do artigo dela é: "Isso é com você sim". E eu respondo que Não! Não é comigo não sua feminista caluniadora e mentirosa. Há pouco mais de um mês atrás eu escrevi um post para este blog intitulado: A queda do Skylab e o estupro. Acho perfeitamente apropriado republicar o post como uma resposta às sandices daquela jornalista mentirosa da revista Carta Capital:




       

Eu nasci em Ponta-Porã - MS. Outro escritor que também nasceu em Ponta-Porã foi Elpidio Reis. Ele escreveu certa vez um livro de contos, cujo título era o seguinte: "20 contos de Reis". Era uma coletânea dos 20 melhores contos que ele havia escrito. Um dos contos dele se tratava da queda da Estação Espacial Americana dos anos 70: O Skylab. Era a estória de um homem aqui no Brasil que leu em algum jornal que a Estação Skylab iria cair em algum lugar da Terra; mas a NASA não sabia dizer exatamente onde ela iria cair e poderia ser em qualquer país, ou no oceano, ou no Brasil. A noticia dizia também que a NASA iria se responsabilizar para indenizar qualquer pessoa no mundo que sofresse prejuízo com a queda do Skylab. Pronto, isso foi o bastante para o sujeito ficar apavorado e começar a pensar que o Skylab iria cair bem em cima da própria cabeça. No resto do conto, ele relata como essa idéia perturbadora fez o nosso herói sofrer. Não importava que a lei da probabilidade dissesse que as chances reais do Skylab cair justamente na cabeça dele era de uma em um centilhão. Porque mais de 70% da superficie da Terra é de oceanos, então, havia 70% de chances de que o Skylab caisse sobre os oceanos. Haviam apenas 30% de chance do Skylab cair sobre o território de algum pais. As chances de que caíssem sobre o Brasil eram menores do que 0,5% e mesmo que caísse no Brasil, as chances de que iriam cair justamente sobre a cabeça daquele individuo paranóico era de uma em um centilhão. Mas ele não conseguia mais dormir, trabalhar, assistir TV, sair para passear porque a idéia de que a Estação Skylab iria cair na cabeça dele era muito forte.
E por que eu escrevi tudo isso? Ora, a estória acima é evidentemente ridicula e todos vemos que o sujeito acima é um doente mental que sofre de paranóia psicótica. No entanto, muitas feministas usam o mesmo raciocinio paranóico psicótico daquele sujeito para se apavorarem com a idéia de serem estupradas. O mais irônico é que as feministas que mais têm medo de serem estupradas, são justamente as mulheres que nenhum homem quer, as gordas, feias, escrotas, repugnantes, peludas, fedidas. Por que essa paranóia do estupro feminista só acomete essas mulheres escrotas que ninguém quer? Mas vamos tratar do tema estupro de uma forma que feminista nenhuma tratou: Com lógica. É sensato para alguma mulher sentir medo de ser estuprada? Esse é um crime tão comum assim a ponto das mulheres ficarem tão paranóicas? Vamos a alguns números. Já foi comprovado cientificamente, que em qualquer sociedade humana, cerca de 1% de suas populações, se dedicam a atividades criminosas. Em qualquer país da Terra, 99% da população obedece às leis da sociedade em que vive; mas cerca de 1% de qualquer povo, decide não obedecer as leis e se tornam criminosos, passíveis de irem para a prisão ou para a forca, se forem capturados pela policia. Nesses 1% da população que são criminosos estão englobados todos os assassinos, ladrões, estupradores, traficantes de drogas, estelionatários e blogueiras feministas.
Vejam só os dados a seguir retirados do site: http://portal.mj.gov.br/main.asp?View={D574E9CE-3C7D-437A-A5B6-22166AD2E896}&BrowserType=NN&LangID=pt-br&params=itemID%3D{364AC56A-DE92-4046-B46C-6B9CC447B586}%3B&UIPartUID={2868BA3C-1C72-4347-BE11-A26F70F4CB26}: Entre 1995 e 2005 a população carcerária do Brasil saltou de pouco mais de 148 mil presos para 361.402,

O Brasil é um país com cerca de 200 milhões de habitantes e para que cerca de 1% da população fosse criminosa, o Brasil deveria ter uns 2 milhões de presidiários. Mas o número real de presos no Brasil é de menos de 362 mil presos. Isso equivale a pouco menos de 0,2% da população do Brasil. Ou seja, de todos os homens e mulheres brasileiros, apenas 0,2% são de criminosos e desses, a quantidade de estupradores é menor ainda, porque nesses 0,2% de brasileiros "maus" estão a soma de todos os assassinos, traficantes de drogas, latrocinas, ladrões, estelionatários, e estupradores.
Então eu pergunto para as mulheres: Diante de probabilidades tão ínfimas, é sensato fazer com que a sua vida gire em torno da hipótese da queda do Skylab na sua cabeça, ou de algum homem estuprar você? É teoricamente possivel que o Skylab caia na sua cabeça, assim como é teoricamente possivel vocês ser estuprada; mas diante dos números acima, é razoável temer isso? Porque os números não mentem, e mais de 99,99% da população brasileira são de bons cidadãos, homens honestos e decentes que jamais estuprariam uma mulher. Existe 0,1% de criminosos e os estupradores são 0,00001% deles, então, é sensato fazer tanto barulho por algo tão improvável?
Percebem agora a falácia do feminismo e da Marcha das Vadias ao explorarem esse medo paranóico do estupro?

Um comentário :

  1. Quando essa levian(t)a escreve no título "Isso é com você sim", ela simplesmente afirma que TODOS os homens são criminosos sexuais ou pelo menos coniventes com o ato. A matéria dessa bruxa é um ato delituoso de calúnia (vide código penal). Isso é claramente um dos efeitos da ideologia da "cultura do estupro" que as estúpidas feministas brasileiras importaram dos EUA; e o cerne dessa ideologia é o que TODOS os homens (incluindo crianças) são estupradores em potencial.
    Afasta-nos desse cálice, Pai!

    ResponderExcluir

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...