Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Feminazi na Luta - Rap da Feminazi





Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror." - Charles Chaplin

Eu sou a feminazi e minha história vou contar
Preste muita atenção, porque a direita vai pirar
Nasci na classe média, nada de especial
Princesinha da mamãe, alegrava o pessoal

Foi quando eu cresci e minha vida entortou
Queria ser gostosa, mas meu corpo embarangou
Mas mesmo baranguinha consegui arranjar um pau
Ele não era bonito, mas o papo era legal

Com muita insistência meu cabaço ele tirou
Mas pra meu desespero em pouco tempo me trocou
Jurei odiar os homens, por toda minha vida
Vocês não tem noção de como eu tava arrependida

No fundo do poço, sentia-me perdida
Foi quando conheci o movimento feminista
A partir de agora, refletir não é preciso
Se algo der errado eu boto a culpa no machismo

Esse é o Rap da Feminazi
Pras minhas parceiras do Prozac

Odeio muito o FEMEN e prego o aborto
Não quero que o governo mande no meu corpo
Mas nunca engravidei, nem quero ter filhos
Tô muito ocupada servindo o comunismo

Até criei um blog pra fazer vitimismo
É pena ninguém lê além de 2 ou 3 amigos
Mas isso não importa, é só uma curtição
Eu quero me ocupar pra não cair na depressão

Entrei na federal, pra viver com esquerdistas
Nem precisei de esforço, vaga pouco concorrida
Não produzo nada sério e ganho bolsa pra pesquisa
Lamento mesmo assim a exploração da burguesia

Na marcha das vadias, mostro as tetas e com ódio grito:
O poder é das mulheres não preciso de marido.
O movimento é sério, é pela causa feminina
Sou mulher me dou valor, enfio santas na vagina!

Esse é o Rap da Feminazi
Pras minhas parceiras do Prozac

Nenhum comentário :

Postar um comentário

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...