Novo endereço do nosso site

Novo endereço do nosso site
Feminismo Diabolico

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Cristãos: Não votem no Pastor Everaldo




Esse aqui é outro oportunista do caralho.




Esse Pastor pretende privatizar a Petrobrás e todas as estatais:



Esse Pastor Everaldo é a pior coisa que poderia haver. Atenção Católicos e Evangélicos: NÃO VOTEM NO PASTOR EVERALDO!! Ele é um canalha. O ÚNICO candidato CRISTÃO é o candidato Eymael - 27. Votem em Eymael 27 para Presidente.



Mulher tem que ser Substituida por Bonecas






Meus comentários: Tem feminista por ai que debochou da minha idéia de tornar as mulheres obsoletas. Mas o fato é que a mulher moderna já é obsoleta e inútil. Nós já temos a tecnologia que pode substituir qualquer mulher com vantagens: as travestis. Mas muitos homens poderiam se recusar a fazer sexo com uma travesti por causa do estigma do homossexualismo. Para esses, os japoneses já inventaram as Real Dolls que são bonecas ultrarealisticas que substituem as mulheres no sexo.




Mulheres do campo estudam Feminismo e Marxismo

Mulheres do campo estudam Feminismo e Marxismo

Entre os dias 15 a 17 de agosto, cerca de 45 mulheres dos estados do Pará, Maranhão e Tocantins participaram da primeira etapa do curso Feminismo e Marxismo da região amazônica, no município de Marabá (PA).

Viviane Brigida | MST As mulheres acreditam que estudar feminismo e marxismo seja importante para fortalecer o movimento camponês Para a professora e militante feminista Simone Contente, da Unifesspa (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará), estes espaços são necessários para a compreensão da inserção das mulheres nas lutas sociais. “A luta de classes precede da luta das mulheres contra a opressão e exploração”, observa.
O feminismo e marxismo são imprescindíveis para as mulheres. É o que acredita também Gilvânia Ferreira, militante do MST do Maranhão, que acredita que o curso seja “importante para a organização e fortalecimento das mulheres na região”.
De acordo com a professora Eunice Guedes, os desafios das mulheres são enormes. Por isso, é preciso compreender o feminismo como movimento social, entender as raízes das desigualdades, o patriarcado e a situação das mulheres.
Também foram debatidas questões que ajudam nas ações como militantes feministas e a construir lutas comuns no enfrentamento ao sistema capitalista, ao considerarem um sistema racista e machista.
Segundo Izabel Lopes, do MST Pará, o curso foi a realização de uma demanda antiga das mulheres da região em estudar e debater a relação das mulheres dentro e fora dos movimentos sociais.
“Para debater questões das mulheres e combater violência contra elas, por exemplo, se faz necessário estudar para mudar e ampliar os nossos conhecimentos se queremos uma outra sociedade”, afirma Izabel.

Fonte: MST

Fonte: http://www.vermelho.org.br/noticia/247976-8



Termina namoro de Ana Maria Braga e Mauro Bayout

Termina namoro de Ana Maria Braga e Mauro Bayout, diz jornalPor Yahoo! Entretenimento | Notas Celebridades – 6 horas atrás


Apresentadora namorou por quase 1 ano (AgNews)Chegou ao fim o namoro entre Ana Maria Braga, 65, e o empresário Mauro Bayout, 53.

Segundo o colunista Leo Dias, do jornal "O Dia", nos bastidores do programa "Mais Você", da Globo, a apresentadora é tida como a mais nova solteira do pedaço. Na verdade, a loira já havia dado alguns indícios que o relacionamento não ia bem ao aparecer sem o companheiro na festa de aniversário de Preta Gil, 40, que aconteceu no início do mês.
Um dos motivos para o término do romance foi o fato de Ana Maria não gostar nem um pouco de Mauro ainda viver na casa dos pais.
A famosa e o empresário assumiram a relação em outubro de 2013 durante uma festa de noivado de um amigo dela. Na época, a artista estava sozinha há 3 meses após ter se separado de Marcelo Frissoni, 43.

Fonte: https://br.celebridades.yahoo.com/blogs/notas-omg/termina-namoro-ana-maria-braga-mauro-bayout-diz-115015477.html

Meus comentários: Os pais desse cara o salvaram da destruição. Se esse cara casa com essa vagabunda, depois de uns dois meses ela pede o divórcio e depois faz a ruína dele, exatamente como está acontecendo hoje em dia com o Marcos Oliver. Hoje em dia é melhor não casar e é melhor ficar longe dessas mulheres vagabundas. Quem puder ficar com os pais é melhor mesmo. Use o seu dinheiro para ajudar os seus pais e não para ficar sustentando uma vagabunda biscate qualquer.



terça-feira, 19 de agosto de 2014

Pastor Marco Feliciano e Padre Paulo Ricardo juntam forças para combater a Gaystapo e as Feminazis

Ao mesmo tempo que semeamos a discórdia e a divisão entre o movimento gay e o movimento feminista, nós temos que lutar pela união das forças do bem, pela união entre católicos e evangélicos nesse momento, para varrer da politica nacional o feminismo e o comunismo. Meus parabéns ao Pastor Marco Feliciano e ao Padre Paulto Ricardo, que tiveram essa visão do bem maior e superaram as suas diferenças em prol do bem da nação.
É muito importante que nós fortaleçamos a religião e ampliemos a força de sua atuação na politica. A Igreja Católica não usa quase nada do imenso poder que possui. Mais de 80% dos brasileiros são Cristãos. Esses ateus comunistas-gayzistas-feministas que tomaram o poder, não representam nem 1% do eleitorado nacional. Muito mais do que 90% dos eleitores são contra o gayzismo e o feminismo militante desses esquerdopatas dos infernos. E mais de 86% dos eleitores são Cristãos, ou católicos ou evangélicos. Portanto, se a democracia no Brasil fosse real e funcionasse de verdade, os católicos e os evangélicos seriam 86% dos deputados e senadores. Os Cristãos são minoria na politica, porque os Cristãos são muito bonzinhos e não querem sujar as mãos fazendo os jogos sujos maquiavélicos que a politica exija que se faça. A Igreja Católica precisa superar o trauma da Teologia da Libertação e ela precisa o quanto antes começar a ter um plano de influência politica. A Igreja Católica precisa recriar a Liga Eleitoral Católica, para recomendar aos católicos quais candidatos estão comprometidos com a fé Cristã e quais são os inimigos ateistas. É por isso que eles estão tentando a todo custo implantar uma ditadura das minorias aqui no Brasil, porque eles sabem que no dia que a maioria do povo acordar para a verdade, a esquerda será varrida da face da Terra.
Por enquanto, enquanto a Liga Eleitoral Católica ainda não é oficialmente criada pela Igreja, curtam a página no Facebook da Liga Eleitoral Católica, que dá subsídio ao eleitor e ao político católico brasileiro.: https://www.facebook.com/LigaEleitoralCatolicaBrasil








https://www.facebook.com/LigaEleitoralCatolicaBrasil
Clique aqui e conheça a página no Facebook da Liga Eleitoral Católica e veja quais politicos estão comprometidos com a causa Cristã e quais são os inimigos da fé e da Igreja.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Feministas defendem que mulheres tenham mais de um parceiro sexual, além do marido

O Feminismo nova geração que surgiu nos Estados Unidos está se bifurcando em duas vertentes, que já estão conquistando adeptas feministas no Brasil. A primeira é chamada de Radfem, ou Feministas Radicais, que pregam o exterminio de todos os homens do Planeta. Essas são as feministas lésbicas. A outra vertente, das feministas heterossexuais, está se expandindo no Feminismo chamado de Femdom, ou Feminismo da Dominação Feminina. Este ultimo feminismo, Femdom não prega o exterminio dos homens; prega a escravização sexual, financeira, profissional e total dos homens, diante das mulheres. O Feminismo Femdom, que surgiu a partir dos livros da Feminista Elise Sutton, prega que as mulheres usam seus poderes de sedução e seus encantos femininos, para escravizar os homens através do sexo. Basicamente, a técnica do Femdom consiste em gradativamente e aos poucos, ir demolindo a auto-estima e masculinidade do homem, humilhando-o de diversas formas, até obter um estado de total submissão no homem diante da mulher, aonde o homem aceita ser humilhado, ser corneado e até castrado pela esposa, sem questioná-la. No feminismo Femdom, o componente sexual é fundamental, porque o uso da excitação sexual é fundamental para quebrar a resistência psicológica do homem diante das mais inimagináveis humilhações.
De fato não havia outro caminho para o feminismo seguir a não ser esse. Não havia mais sentido ou lógica no feminismo que prega a "igualdade" socialista com os homens, pois essa igualdade já foi alcançada há décadas atrás. Somente Feministas bagulhão do tipo da Lola ainda cacarejam esse discurso batido, porque os livros velhos que a Feminista Lola lê na Universidade Federal do Ceará, foram impressos na prensa de Guttenberg, de tão antigos. A Lola nem conhecia a Elise Sutton. Foi graças a mim que ela ficou sabendo dessa nova vertente do feminismo Femdom, norte-americano e europeu. Esse tipo de Feminismo Femdom, se assemelha mais à PUA dos Masculinistas do que a qualquer outro movimento. Há diferenças importantes entre a PUA e o Femdom; mas a principal semelhança é que o Femdom, assim como a PUA, se concentra em táticas, estratégias e truques sujos de convencimento e persuasão. Enquanto que os PUA (Pick Up Artists) homens, se concentram em aprender técnicas de sedução de mulheres e como fazer as mulheres se apaixonarem por eles, o Feminismo Femdom da Elise Sutton e dessa nova onda feminista ensina às mulheres técnicas de persuasão e de subjugamento sexuais para as mulheres escravizarem os maridos através do sexo e da humilhação sistemáticas, transformando-se em escravos sexuais eunucos, que aceitam serem cornos mansos de suas esposas. O Feminismo Femdom prega e defende coisas abomináveis, como obrigar o marido corno manso a lamber a vagina da esposa suja com o sêmen do amante e defende também a castração cirurgica dos testiculos do marido e técnicas abomináveis de negação do orgasmo, dentre outras. No Brasil, quem mais divulga esse tipo de feminismo Femdom são alguns homens emasculados pelo feminismo e que desejam ser escravizados e até castrados por alguma mulher. Por enquanto, ainda não há um grande número de mulheres Dominadoras no Brasil; mas isso está rapidamente se revertendo, pois essa idéia de transformar os homens em cornos mansos está rapidamente se espalhando e tomando forma. Vejam aqui o site da Elise Sutton, em inglês: http://www.elisesutton.com/



 Vejam só essa reportagem: http://tnh1.ne10.uol.com.br/noticia/cultura/2014/08/17/306506/psicanalista-defende-que-casais-tenham-mais-de-um-parceiro-para-sexo


Um dos sites dessas Feministas Femdom brasileiras, que ensinam a transformar os maridos em cornos mansos é o seguinte: http://domadoradecorno.blogspot.com.br/
Uma das coisas que mais tem nesse tipo de site feminista são fotos de homens com pênis pequeno, sendo humilhados por suas esposas, porque uma das primeiras lições que a Feminista Elise Sutton ensina é que para demolir a auto-estima do homem é preciso atacar o centro da masculinidade: o pênis do homem. É preciso que a mulher incuta na cabeça do homem que o pênis dele é inadequado para satisfazê-la, por causa do tamanho. Se o pênis do homem estiver na média, a mulher deve dizer que acha o pênis do marido muito pequeno para ela. Se o pênis do homem for muito grande, a mulher deve dizer que a penetração provoca dor nela, porque o pênis do marido é muito grande e ela precisaria de um pênis menor e de tamanho mais "normal". O truque sujo consiste em implantar na cabeça do marido a idéia de que o pênis dele tem um tamanho inadequado para satisfazer a esposa: ou por ser muito pequeno, ou por ser muito grande. Com essa simples idéia, a Elise Sutton ensina como a mulher pode, através de fala mansa e sedução, ir convencendo o próprio marido a deixar que ela tenha casos extra-conjugais e transformá-lo em um Cuckold, ou corno manso (em portugues. o Cuckold refere-se à ave Cuco, que aceita a infidelidade da fêmea e o macho cria um filhote que a fêmea teve com outro macho. A meta é reduzir os homens ao mesmo comportamento da ave Cuco, daí a expressão Cuckold para designar os cornos mansos). Ela diz que a mulher deve explicar para o marido que ela ainda o ama e que ela só quer fazer sexo com homens bem dotados, que é uma coisa puramente sexual; mas que o amor dela continuará sendo dele. O otário que cai nesse truque tem a sua vida toda sugada pela Feminista, que o escraviza totalmente, chegando, em alguns casos até mesmo em castrar o marido. Elas literalmente convencem os maridos a cortarem fora as próprias bolas, para pararem de produzir testosterona e serem mais submissos a elas. O homem corno manso, com o tempo, é proibido de ter qualquer tipo de prazer sexual. Inclusive ele é até preso em um cinto de castidade masculino, para evitar que se masturbe em segredo. Isso quando ele não aceita ser literalmente castrado em rituais sádicos feministas aonde elas cortam fora as bolas dos maridos.
 Vejam aqui um site com relatos das peripécias de uma Feminista portuguesa adepta desse tipo de feminismo: http://confissoesintimasdesandra.blogspot.com.br/
Naveguem no site dessa Feminista, leiam os relatos das coisas que ela apronta com o marido dela e até com o filho dela. É um site muito educativo sobre como é a vida de um homem que se casa com uma mulher feminista. Mas vá nos anos anteriores a este ano de 2014, porque ao que parece, as putarias feministas dela renderam numerosos problemas para ela, de tal forma, que ela parou de atualizar o blogue dela. Mas tem muito material lá que ela escreveu desde o ano de 2010. Leiam aquilo lá e depois me diga se você ainda tem coragem de casar ou de namorar com uma feminista.
Tem alguns videos horrorosos na internet, mostrando feministas cortando fora as bolas dos maridos. A coisa é tão cabulosa, que eu nem vou postar aqui, porque o negócio é feio e traumático demais. Depois de ver um video daqueles, daquelas feministas cortando fora as bolas dos maridos, eu nunca mais vou ofender ou falar mal de qualquer travesti. Eu peguei pavor das mulheres, tenho medo mesmo delas, elas são muito ruins. Tudo o que eu quero das mulheres é que elas fiquem longe de mim. Não tentem retaliar as mulheres e nem prejudicá-las. Apenas fiquem longe das mulheres e parem de se relacionar com as mulheres, se quiserem salvar as suas vidas. Por isso que eu prefiro mil vezes as travestis. As travestis gostam mesmo da gente, elas gostam mesmo dos homens e elas nunca fariam algo sequer remotamente parecido com tal atrocidade, conosco. Basta lembrarem-se do video do Pagu Funk: vou cortar a sua pica. Aquilo lá não é metáfora não, é o que as feministas fazem mesmo com os maridos delas.
 


 

Não é ódio que eu sinto por você Lola. É MEDO.









 

 



O Feminismo Radfem, liderado por lésbicas, que prega o exterminio total dos homens da face da Terra, já tem inúmeras adeptas no Brasil, sendo que são essas vagabundas que estão por detrás das Marchas das Vadias e das Festas Feministas como a Xereca Satanik. Vejam um dos sites em português do Radfem: https://materialfeminista.milharal.org/

'A pior coisa que pode ocorrer para o país é a Marina Silva, ela é pior que o PT', diz Paulo Martins






domingo, 17 de agosto de 2014

O maior inimigo do Feminismo é o maior inimigo das fitas K-7




Qual é o maior inimigo do Feminismo? Eu acho que a Feminazi Lola entendeu um pouquinho errado o conceito. As bonecas realisticas, Real Doll poderiam ser um embrião de substituto tecnológico para a mulher. É apenas uma das opções. Outra opção é o homossexualismo. Outra opção ainda são as travestis. Eu particularmente defendo muito a opção das travestis para substituir tecnologicamente as mulheres.
O problema da Lola é que ela vê as mulheres como Deusas; mas nós homens, vemos as mulheres como objetos. As mulheres são objetos, como as Fitas VHS são objetos e, assim com as fitas VHS, as mulheres se tornaram objetos obsoletos, se tornaram uma tecnologia obsoleta, cara e inviável. É inviável hoje em dia para os homens usarem as mulheres para qualquer coisa. A Lola diz que as mulheres tem outras utilidades além do sexo. Mas para essas outras utilidades, nós homens nos satisfazemos com os outros homens. A conversa, a amizade, o companheirismo e até o trabalho, as artes e as diversões podem ser satisfeitas por outros homens. Nós não precisamos das mulheres para trabalhar, para conversar e para absolutamente nada, além do sexo. Aliás, hoje em dia, com as travestis, nós não precisamos das mulheres nem para fazer sexo. E em breve, com os úteros artificiais e a tecnologia da clonagem, não precisaremos delas nem para a procriação. Não estou dizendo que elas não poderiam ser usadas para outros fins; mas o que eu estou dizendo é que não faz sentido para os homens usarem as mulheres para outros fins, se nós temos os outros homens para nos satisfazer nessas outras finalidades. Por que eu deveria ficar conversando com uma mulher, se eu tenho um homem para conversar comigo? Se não tiver nenhum homem, ai a gente fica com o papo furado com as mulheres; mas se houver homens disponiveis, eles nos satisfarão muito melhor do que qualquer mulher, em qualquer área e, agora, inclusive na área sexual.
Eu acho que o problema da mulher moderna é que ela percebe que ela é obsoleta e desnecessária. As feministas mesmas nos ajudaram a incutir nas mulheres a idéia de que elas são inúteis. Antigamente, quando as mulheres ficavam em casa, os homens fingiam que o trabalho das mulheres era importante também. Os homens de antigamente faziam isso para ajudar a salvar a auto-estima das suas esposas, para que elas não se sentissem as parasitas inúteis que elas sempre foram. As mulheres sempre foram parasitas inúteis, que só exploravam e ainda exploram os homens. Nas guerras, os homens tinham que lutar por elas. Os homens tinham que morrer para que elas se salvassem nos naufrágios dos navios. Os homens tinham que trabalhar sufocados nas minas de carvão para que as suas esposas pudessem ficar confortavelmente em casa, fazendo tricô e fofocando com as vizinhas. Os homens sempre tiveram que provar o seu valor. As mulheres nunca tiveram que provar nada. E agora, quando o feminismo as colocou no mesmo patamar que os homens, aonde elas precisam se esforçar para provar que elas valem alguma coisa, agora as feministas estão bravas com isso. A mulher não tem nenhum valor além do sexual. A mulher é totalmente inútil para a produtividade da sociedade e a maior prova disso é que agora, que nós exigimos das mulheres que elas provem o seu valor, como TODOS OS HOMENS SEMPRE FIZERAM DESDE O COMEÇO DOS TEMPOS, a Lola está brava com isso e fica cacarejando que as mulheres são valiosas só porque elas são o que são. Lola, o Feminismo deu às mulheres à igualdade com os homens. Agora, vocês finalmente são iguais aos homens: vocês são um mero objeto descartável, assim como todos os homens sempre foram, desde o começo dos tempos.
A Lola está zangada porque agora que ela finalmente conseguiu a igualdade com os homens, ela está sentindo na pele o que é ser homem: agora, vocês também vão ser substituidas e descartadas por uma tecnologia melhor, assim como todos os homens da história sempre foram. Isso é a igualdade. Os homens são objetos. Agora, que as mulheres são "iguais" aos homens, elas também são objetos e, como tais, são passiveis de serem substituidos, e descartados. Nós homens aceitamos as regras do jogo. Nós homens sempre aceitamos sermos trespassados pelas pontas das baionetas dos inimigos. Agora, chegou a vez das mulheres sentirem o que é ser um "objeto". Aliás, nós homens nunca tivemos o privilégio de sermos vistos como objetos sexuais. Nós sempre fomos objetos de trabalhos forçados, objetos de guerras; mas objetos sexuais nunca. Mas se nos fosse dada a oportunidade de trocar de lugar com as mulheres, adivinhe só: nós trocariamos. E quer saber de uma coisa? Os homens de fato estão trocando de lugar com as mulheres. Veja só aquelas travestis super lindas e femininas que nós temos hoje em dia. São homens que desejam se tornar objetos sexuais de outros homens. Ser um objeto sexual é algo tão bom, que muitos homens dedicam suas vidas a se tornarem objetos sexuais de outros homens. Mas vocês, feministas sempre reclamaram disso.
Ao invés das feministas perceberem o seu erro a tempo e pedirem desculpas pelas calúnias e injustiças que elas estão fazendo contra os homens; não. A Lola decidiu radicalizar ainda mais e menosprezar ainda mais os homens. A Lola foi além da objetificação dos homens. A Lola já chegou no estágio da vermificação dos homens. A Lola reduziu os homens à condição análoga a de vermes que merecem ser exterminados. É assim que ela nos trata: como se nós fossemos vermes.













O que as Feministas pensam do homem Feminista?


Isso é o que as Feministas pensam do homem feminista. Agora, o que EU penso do homem Feminista:
    



Votem Eymael para Presidente do Brasil




Ora ora, parece que nós temos algumas opções a mais além de Satanás, Belzebu e Mefistófeles (Dilma, Aécio e Marina Silva). Nós temos um candidato a Presidente verdadeiramente Cristão e comprometido com a causa da familia: Eymael - 27. Este é o candidato oficial que eu recomendo que se vote. Não acredito que ele consiga ganhar da Dilma; mas para tantas pessoas que querem uma opção em quem votar, eu recomendo o Eymael - 27. Este, se fosse Presidente, faria um bom governo e ele é Cristão de verdade e não uma farsa, como aquela vagabunda da Marina Silva.


Acessem: http://www.eymaelpresidente27.com.br/
Eu peço a todos que vão na seguinte enquete e votem no Eymael: http://sbt-canal.blogspot.com.br/2014/08/qual-sera-seu-candidato-presidente_43.html







Mulher é presa acusada de agredir filho de cinco anos até a morte

Mulher é presa acusada de agredir filho de cinco anos até a morte Edjane Gomes da Silva, 32, já era investigada pelo Conselho Tutelar de Rio Largo



Thiago Gomes
Uma mulher de 32 anos que mora no bairro Mata do Rolo, em Rio Largo, está presa, desde a tarde desse sábado (16), acusada de espancar o filho de 5 anos até a morte. Vizinhos relataram que Edjane Gomes da Silva teria, até, jogado a cabeça do garoto contra a parede. O Conselho Tutelar do município já estava colaborando com a Polícia Civil na apuração da denúncia de maus-tratos havia algum tempo. O menino G.G.S. morreu na manhã deste domingo, no Hospital Geral do Estado (HGE).
A agressão, segundo a conselheira tutelar Maria das Graças Alves, aconteceu na última sexta-feira, dentro da residência onde os dois moravam. A vítima foi levada, inicialmente, pela própria mãe e pela madrinha, de identidade não revelada, para o mini-pronto socorro Assis Chateaubriand, localizado no Tabuleiro do Martins. A equipe médica verificou diversos hematomas espalhados pelo corpo da criança, a maioria na região da cabeça.
“Fomos informados de que o menino já chegou em coma no mini-pronto socorro, foi reanimado pelos médicos e transferido, em seguida, para o Hospital Geral do Estado. O estado de saúde dele era considerado gravíssimo e ele precisou ficar na UTI”, relatou a conselheira. Graça conta que na tarde desse sábado o HGE constatou a morte cerebral do garoto e, na manhã deste domingo, uma assistente social telefonou para um dos conselheiros tutelares da região e comunicou o falecimento.
O Conselho e a Polícia Civil estiveram na residência de Edjane no sábado e a levaram detida. Na Central de Flagrantes, em Maceió, ela foi ouvida e autuada por maus-tratos, segundo informou a conselheira Maria das Graças. Por enquanto, as equipes estão aguardando a liberação do corpo da criança do Instituto Médico Legal (IML) para sepultamento. O laudo com a verdadeira causa da morte deve sair em até 40 dias. “Ainda não tenho o motivo da morte relatado no prontuário do HGE”, detalhou a conselheira.
Segundo ela, várias vezes essa mãe foi convidada a prestar esclarecimentos sobre denúncias em seu desfavor relatando maus-tratos com os filhos. “A mãe é tranquila, o que não levanta suspeitas. Entretanto, o Conselho Tutelar já estava acompanhando essa família por maus-tratos e negligência”, confirmou. Maria das Graças divulgou que a polícia já ouviu a tia do menino para entender melhor a relação mãe/filho.
Edjane, conforme informa o Conselho Tutelar, ainda teria mais quatro filhos, com os quais mora numa residência no bairro Mata do Rolo acompanhada de um namorado.
COMENTÁRIOS

Fonte: http://gazetaweb.globo.com/noticia.php?c=375729&e=14

Meus comentários: A mulher moderna feminista faz isso até com os filhos delas. Já imaginaram o que elas são capazes de fazer com homens adultos, que minimamente a ofenderam? É por isso que eu tenho medo da mulher moderna feminista e quero apenas que elas fiquem longe de mim. Eu já desisti de vez das mulheres. Prefiro as travestis.

Ativistas gays tumultuam culto e tentam agredir Pastor Marco Feliciano






Da Marcha das Vadias à Xereca Satanik: conheça O Planeta das Feministas

A incrivel espiral descendente do feminismo. Desde as Marchas das Vadias, passando pelo Pagu Funk vou cortar a sua pica, Putinhas aborteiras, até a festa Xereca Satanik. É possivel para as feministas descerem mais baixo do que isso? Qual é o fundo do poço do feminismo?

Existe sim amizade entre homem e mulher

Eu sempre digo aqui no meu site que uma das piores coisas que aconteceu ao Masculinismo no Brasil, foi aquele psicopata Movimento da Real ter tido uma certa expansão. O Masculinismo nunca se recuperou por ter estado associado àqueles psicopatas da Real e, talvez, nunca se recupere dessa mancha.
Eu não acredito nesses babacas da Real
A verdade é que pode existir sim amizade entre homens e mulheres. O grande problema desses misóginos da Real é que eles querem fazer sexo com absolutamente qualquer criatura que tenha uma buceta, então eles se revoltam com o fato de que algumas mulheres só querem amizade mesmo. Percebem aqui a psicopatia e a doença mental desses filhos da puta da Real? É por isso que eu recomendo a todos os meus leitores que rompam totalmente com esse Movimento da Real e fiquem longe deles. Esses caras são problemáticos e não vão te ajudar em nada. Os movimentos de PUAs são muito melhores e muito mais saudáveis do que esse movimento da Real, porque os caras da sedução, ensinam você a empatia, ensinam você a se colocar no lugar da outra pessoa e objetivam fazer a outra pessoa gostar de você. Mesmo que isso seja feito apenas para fins sexuais, no minimo, é muito mais elogiável um homem que ao menos se ESFORÇA para que alguém goste deles. Já esses psicopatas desse Movimento da Real, eles tudo fazem para serem REPUGNANTES aos olhos dos outros. Nem eu, que teoricamente teria interesse em me associar com eles, nem EU, que teria muitas vantagens e ganhos se eu fingisse que sou um Guerreiro da Real, nem EU consegui gostar daqueles caras. Então imagine as mulheres? Nem prostituta vai querer um Guerreiro da Real, nem a peso de ouro, porque eles são muito repugnantes. Não tem condição mesmo. Fiquem longe desses filhos da puta da Real, porque esses imbecis já atrapalharam demais o Antifeminismo e o Masculinismo. 
E agora eles ficam divulgando essas imagens, dizendo que não dá para os homens serem amigos das mulheres. O problema é que eles confundem Guerreiros da Real com homens. Um Guerreiro da Real não consegue ser amigo nem de mulher, nem de homem, nem de travesti, nem de cachorro e nem de ninguém.
O segredo da amizade é você se concentrar no que você tem em comum com a outra pessoa e relevar e esquecer as diferenças. Eu tenho um bom amigo evangélico, que eu conheço desde a segunda série do colégio, quando eu tinha uns 8 ou 9 anos de idade. Hoje eu tenho 33 anos e nós somos amigos até hoje. Ele sempre disse que o sonho dele era virar Pastor de Igreja Evangélica e hoje, efetivamente, ele é um Pastor de Igreja e tem a Igreja dele. Ele também sempre tentava me converter para o protestantismo; mas eu sempre recusava. Mas isso não me impediu de ter uma boa amizade com ele. Tenho muito boas lembranças da nossa infância, quando eu ia com ele para a fazenda do pai dele e nós ficavamos pegando peixinhos no córrego. Nós usávamos um saco de estopa como se fosse uma rede e pegávamos muitos peixinhos bonitos e diferentes e depois os colocávamos em garrafas de refrigerante de dois litros recortadas, para servirem de aquário.
Tenho também boas e ótimas amigas mulheres. O Masculinismo é amigo das mulheres e tudo o que queremos é que as boas relações entre homens e mulheres voltem a ser a regra; e não a exceção. O Antifeminismo é amigo das mulheres, assim como os verdadeiros amigos dos alemães eram os Antinazistas, já que os nazistas só queriam usar os alemães como bucha de canhão e as feministas também só querem usar as mulheres como bucha de canhão. O Feminismo está estragando as mulheres. O Feminismo afasta as mulheres do bem, da decência, dos homens e de Deus. Pensem bem mulheres: vocês acham que "ser uma vadia" é um ideal de vida louvável? É isso que você quer para a sua vida? Ser uma "Vadia"?
Nós homens só queremos AMAR as mulheres. As feministas só querem USAR vocês como militontas do movimento de ódio misândrico delas. Não troquem ouro por bugigangas sem valor, não troquem o amor dos homens por vocês, pelo ódio, medo e culpa que as feministas oferecem, no lugar.

sábado, 16 de agosto de 2014

A Feminista Lola adora ouvir o desabafo de um Machista



O que o Feminismo Real está construindo não é nada bom. Provas:

 Nota: o texto abaixo e a imagem foram retirados do site: http://www.ovelhasvoadoras.com.br/2014/08/o-que-o-feminismo-real-esta-construindo.html

O que o Feminismo Real está construindo não é nada bom. Provas:

Cada vez mais estamos vendo mulheres que se dizem feministas odiando homens. É claro, que se formos estudar o feminismo desde seu início, veremos que não é assim. E há quem diga que elas são "femistas" e que não representam o "feminismo real". Mas veja, o que digo em texto recente fala que a moral do "feminismo real" de agora é errada, e só serve de trampolim pra essas mulheres que odeiam homens. A prova disso é que elas fazem muito mais barulho do que as que se auto-denominam as "reais feministas". Porém, as "reais feministas" se limitam a dizer que é errado odiar homens, mas compactuam das mesmas bandeiras que levam muitas mulheres a odiarem homens. Se fossem só um ou dois exemplo, normal, sempre tem gente louca, mas são centenas, e cada vez são mais. Se você, real feminista, acha que todos devemos ser iguais perante a lei, e que cada um deve ter a liberdade de fazer o que quiser desde que não faça mal pra ninguém, saia da sua toca, porque o feminismo está ficando com uma cara muito feia:

 
Fonte: http://www.ovelhasvoadoras.com.br/2014/08/o-que-o-feminismo-real-esta-construindo.html

Não devemos nada ao feminismo

Não devemos nada ao feminismo

As feministas chamaram de libertação a saída forçada da lar para trabalhar; sua intolerância tornou constrangedor decidir ser dona de casa e cuidar dos filhos
Na história da espécie humana, a ideia de que a mulher deveria trabalhar prevaleceu com frequência muito maior do que a ideia de que deveria ficar em casa cuidando dos filhos.
Não raro, o trabalho que cabia à mulher era árduo e de grande impacto físico. Para a mulher comum na pré-história, na Idade Média, e até o século 19, não trabalhar não era uma opção.
Uma das conquistas do sistema econômico foi que, no século 20, a produtividade havia aumentado tanto que um homem de classe média era capaz de ter um salário bom o suficiente para que sua esposa não precisasse trabalhar.
No período das grandes guerras e no entreguerras, a inflação, os altos impostos e o retorno da mulher ao mercado de trabalho (que significou um aumento da mão de obra disponível) diminuíram de tal modo a renda do homem comum que já não era mais possível que maioria das mulheres ficasse em casa.
Esse movimento forçado de saída da mulher do lar para o trabalho as feministas chamaram de libertação.
Óbvio que não está se defendendo aqui que as mulheres não possam trabalhar, não casar, não ter filhos ou que não possam agir de acordo com as suas escolhas em todos os âmbitos da vida. Não é essa a questão para as mulheres do século 21 pensarem a respeito.
O ponto da discussão é: em que medida a consequência do feminismo, para a mulher contemporânea, foi o estrangulamento da liberdade de escolha?
Explico-me. Por muito tempo, as feministas reivindicaram a posição de luta pelos direitos da mulher, exceto se esse direito for o direito de uma mulher não ser feminista.
Assumir uma posição crítica ao feminismo é hoje o equivalente a ser uma mulher que fala contra mulheres. Ilude-se quem pensa que na academia há um ambiente propício à liberdade de pensamento.
Como mulher e intelectual, posso afirmar sem pestanejar: nunca precisei "lutar" contra meus colegas para ser ouvida, muito pelo contrário. A batalha mesmo é contra as colegas mulheres, intolerantes a qualquer outra mulher que pense diferente ou que não faça da "questão de gênero" uma bandeira.
Não ser feminista é heresia imperdoável, e a herege deve ser silenciada. Até mesmo porque há muito em jogo: financiamentos, vaidades, disputas de poder, privilégios em relação aos colegas homens -que, se não concordam, são machistas e preconceituosos, claro.
Outro direito que a mulher do século 21 não tem, graças ao feminismo, é o direito de não trabalhar e escolher ficar em casa e cuidar dos filhos -recomendo, sobre a questão, os livros "Feminist Fantasies", de Phyllis Schlaffly, e "Domestic Tranquility", de F. Carolyn Graglia.
Na esfera econômica, é inviável para boa parte das famílias que a esposa não trabalhe. Na esfera social, é um constrangimento garantido quando perguntam "qual a sua ocupação?". A resposta "sou só dona de casa e mãe" já revela o alto custo sóciopsicológico de uma escolha diferente daquela que as feministas fizeram por todas as mulheres que viriam depois delas.
O erro do feminismo foi reivindicar falar por todas, quando na verdade falava apenas por algumas. De fato, casamento e maternidade não são para todas as mulheres. Mas a nova geração deve debater esses dogmas modernos sem medo de fazer perguntas difíceis.
De minha parte, afirmo: não devo nada ao feminismo.

TALYTA CARVALHO, 25, é filósofa especialista em renascença e mestre em ciências da religião pela PUC-SP

Os artigos publicados com assinatura não traduzem a opinião do jornal. Sua publicação obedece ao propósito de estimular o debate dos problemas brasileiros e mundiais e de refletir as diversas tendências do pensamento contemporâneo. debates@uol.com.br

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/29978-nao-devemos-nada-ao-feminismo.shtml  

Meus comentários: Essa daqui é uma daquelas que a Feminista Lola chama de "Ingratas com o Feminismo". Hahahahahahahaha.

Feministas criam página cavalo de tróia Antifeminista no Facebook

As feministas são muito baixas, vulgares e desonestas. Elas nunca agem com decência e honestidade. Elas sempre tentam trapacear e aplicar golpes sujos. Agora, a ultima invenção das feministas, foi criar uma página no facebook com o enganoso titulo de Antifeminismo:


Esta é a página cavalo de tróia Antifeminista, criada para atrair os antifeministas e neutralizá-los. Não entrem nessa página e não a divulguem

Notem o link anticristão que essa falsa página antifeminista indica, na seção SOBRE

A nossa página no Facebook, do Antifeminismo, está printada logo abaixo:


Notem o endereço do site na seção: "Sobre". É o nosso outro site Feminismo Diabolico: www.feminismodiabolico.com  Portanto, essa é a página VERDADEIRA. Nessa vocês podem entrar e divulgar.
E por que sabemos que se trata de uma página cavalo de Tróia Feminista? Muito simples. Todo Antifeminista é decente e respeita a religião, mesmo que não seja religioso. Se a pessoa não respeita o direito das outras pessoas à religião, então é porque é uma Feminista enrustida filha da puta infiltrada.

ShareThis

Veja também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...